Fantasma estreia com vitória na Série B 2019

Operário venceu o América-MG pelo placar mínimo e começou o Brasileirão com o pé direito

Jogando no Estádio Germano Krüger, o Operário-PR estreou com uma vitória magra sobre o América-MG nesta sexta-feira (26). O duelo era válido pela 1ª rodada da Série B do Brasileirão 2019 e contava com o retorno das equipes ao torneio. De um lado, o Fantasma, que foi campeão da Série C. Do outro, o Coelho, que caiu da Série A em 2018. Melhor para os donos da casa, graças a Uilliam.

1º tempo

O duelo começou agitado com uma correria para os dois lados, talvez pela ansiedade da estreia. Mas a primeira chance só foi aparecer aos 12 minutos. Xuxa cobrou falta na área dos mineiros e o goleiro Fernando Leal afastou o perigo. Porém, a bola bateu na zaga e foi para o escanteio. Na cobrança, Bruno Batata cabeceou rente a trave, levando perigo ao gol do Coelho. O embate seguiu e muitos erros técnicos da equipes foram expostos. Passes errados e uma certa falta de entrosamento era demonstrada. Ambos chegaram a finalizar, mas longe de passar perto das metas. O 1º tempo tempo poderia ter sido de melhores momentos da arbitragem, porque de jogo: nada.

+++ Está participando do bolão do Brasileirão da empresa ou dos amigos e tem dúvidas para fazer seu palpite? O Futebol na Veia pode te ajudar! Clique aqui!

2º tempo

O complemento começou com os mandantes com maior oportunidade de gol. Aos sete minutos, Felipe Augusto avançou pela direita para receber o passe e tocou na pequena área. Bruno Batata chegava fechando para o chute e tentou de letra, mas a bola passou por ele. Xuxa ainda mergulho no carrinho, mas também não conseguiu chegar. Enquanto isso, o América também tentava chegar. Aos nove minutos, Belusso tentou de cabeça e a bola passou perto da trave. Júnior Viçosa ainda se esticou no pé da trave, mas não alcançou. Mas o jogo era dos donos casa. Allan Vieira avançou pela esquerda e serviu Felipe Augusto, que tentou o passe no meio da área, mas Fernando Leal interceptou.

A torcida do Operário empurrava o time a todo momento. Até que aos 18′ deu resultado. Uilliam completou cruzamento de Allan da esquerda e chutou em cima de Fernando Leal que, à queima-roupa, só viu a bola bater nele e morrer no fundo das redes. O Coelhão, então, resolveu sair mais para o jogo. Felipe Azevedo chegou a cabecear um cruzamento de Jussani, na altura da marca da cal, porém, Simão segurou. A pressão mineira levava perigo. Matheusinho quase empatou num chute cruzado de fora da área. Entretanto, outro arremate para a linha de fundo. O zagueiro Jussani alçava todas na área pelo desespero. França desviou uma de costa que também passou perto.

E agora?

Ainda no começo do Campeonato Brasileiro, a vitória deve dar ao Operário um 7ª ou 8ª posição ao final da rodada. São os três primeiros pontos da equipe paranaense em 2019. O time volta a campo no próximo sábado (4), frente ao Cuiabá, no Mato Grosso, às 19h (horário de Brasília). Já o América-MG volta para casa e recebe o Botafogo-SP logo nesta terça-feira (30), às 21h30 (horário de Brasília).

Melhores Momentos

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1110 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo