Famalicão vira sobre Sporting e retoma liderança

- Na outra partida do dia, Braga e Marítimo empataram
Famalicão vira sobre Sporting

Nesta segunda-feira (23), duas partidas encerraram a 6ª rodada do Campeonato Português. Primeiro, Braga e Marítimo se enfrentaram no Estádio de Braga e cada equipe somou um ponto, após empate em 2 x 2. Entretanto, o melhor ainda estava por vir. No primeiro teste mais difícil do Famalicão, na Primeira Liga 2019/20, o Sporting foi sua vítima. Desse modo, de virada, com direito a gol contra, os Famalicenses venceram a partida por 2 x 1, em pleno Estádio do Alvalade, e retomaram a 1ª colocação.

LIGA NOS – 6ª RODADA

BRAGA 2 X 2 MARÍTIMO

A partida começou de forma mais cautelosa. Desse modo, a primeira oportunidade gol demorou para surgir. Aos 13’, o goleiro brasileiro Matheus assustou os anfitriões ao sair do gol de forma precipitada. Entretanto, o atacante brasileiro Getterson não aproveitou a chance e jogou longe da meta ao tentar encobrir o arqueiro. O jogo continuava sem grandes jogadas para que o placar fosse inaugurado. Até que, aos 30’, o meia japonês Daizen Maeda foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o próprio Maeda converteu finalizando no meio do gol.

Apesar de jogar em casa, o Braga só chegou ao gol defendido pelo iraniano Amir Abedzadeh nos acréscimos da primeira etapa. Porém, o guarda-redes dos visitantes salvou sua equipe após um cabeceio quase dentro da pequena área. Já na etapa complementar, aos 54’, foi a vez dos Arsenalistas terem pênalti a seu favor. Entretanto, Abedzadech defendeu a cobrança do centroavante Paulinho. Para alívio da torcida local, no ataque seguinte, o mesmo Paulinho dividiu dentro da área, conseguiu ficar com a bola e bateu cruzado para empatar a partida. A bola ainda desviou no adversário e na trave antes de balançar as redes.

O Braga cresceu na partida, mas aos 70’, Matheus saiu mal do gol em levantamento na área e o meio campista camaronês Franck-Yves Bambock só teve o trabalho de mirar bem o seu cabeceio, colocando os visitantes na frente do marcador mais uma vez. O Maior das Ilhas teve a chance de liquidar a partida no ataque seguinte, mas perdeu mesmo com o gol vazio. Contudo, como quem não faz toma, aos 78’, a estrela de Paulinho brilhou outra vez e o centroavante empatou a partida com uma cabeçada sem chances para o goleiro.

Restando apenas 10’, o meia brasileiro Renê Santos foi expulso por receber o segundo cartão amarelo, deixando o Marítimo com um jogador a menos. Desse modo, pressão total do Braga nos minutos finais de jogo. Entretanto, as inúmeras chances não foram convertidas em gol, fazendo com que a partida se encerrasse com dois gols para cada lado.

SPORTING 1 X 2 FAMALICÃO

Na partida mais esperada da rodada, Sporting e Famalicão proporcionaram emoções até os minutos finais da partida. Desse modo, aos 14’, após jogada ensaiada em cobrança de escanteio, os Famalicenses tiveram a primeira oportunidade de gol. Entretanto, o goleiro brasileiro Renan Ribeiro salvou os Leões. E a resposta dos anfitriões veio rápida. Quatro minutos mais tarde, o meia Miguel Luís recebeu na entrada da área e tentou encobrir o goleiro brasileiro Rafael Defendi, mas a passou foi para fora, tirando tinta da trave.

O jogo não parava. Logo na sequência, aos 21’, o atacante Fábio Martins soltou a bomba de fora da área. Renan Ribeiro espalmou e no rebote o centroavante espanhol Toni Martínez desperdiçou a oportunidade finalizando em cima do guarda-redes. Aos 25’, um golaço do atacante argentino Luciano Vietto. Em saída de jogo errada da equipe visitante, o camisa 10 dos Leões interceptou o passe, ajeitou a bola e mandou uma pancada no ângulo de Rafael.

Logo no primeiro minuto da etapa complementar, o Sporting perdeu a oportunidade de ampliar o marcador em uma jogada ensaiada. No rebote, Miguel Luís ainda arriscou de longe, mas a bola foi para fora. O castigo veio aos 55’, com o empate do Famalicão. Desse modo, em linda jogada individual do lateral-esquerdo espanhol Alex Centelles, o meia Rúben Lameiras recebeu na entrada da área e bateu forte, no cantinho, sem chances para Renan.

Desse modo, os visitantes cresceram na partida, e passaram a pressionar em busca da virada. O meia Pedro Gonçalves arriscou de fora da área e obrigou Renan a espalmar para escanteio. Aos 63’, Toni cabeceou sozinho e errou o alvo. Além disso, dois minutos depois, o lateral-direito brasileiro Lionn invadiu a área, driblou um marcador e bateu cruzado, mas a bola passou na frente do gol. Desse modo, a pressão só aumentava, e as chances continuavam sendo desperdiçadas. Só para ilustrar, foram xxx finalizações à meta de Renan Ribeiro. Entretanto, aos 88’, na última jogada de ataque na partida, após cruzamento do atacante Diogo Gonçalves, o zagueiro uruguaio Sebastián Coates tentou afastar e tocou contra o próprio patrimônio.

Edson Guimarães

Sobre Edson Guimarães

Edson Guimarães já escreveu 259 posts nesse site..

Meu nome é Edson Guimarães, tenho 24 anos e sou estudante de Jornalismo. Minha paixão pelo futebol vem desde 2002, juntamente do amor pelo meu clube do coração, vulgo Santos Futebol Clube. Meus espelhos da comunicação social esportiva são Rafael Oliveira (DAZN) e André Hernan (Sportv).

365 Scores

BetWarrior


Edson Guimarães
Edson Guimarães
Meu nome é Edson Guimarães, tenho 24 anos e sou estudante de Jornalismo. Minha paixão pelo futebol vem desde 2002, juntamente do amor pelo meu clube do coração, vulgo Santos Futebol Clube. Meus espelhos da comunicação social esportiva são Rafael Oliveira (DAZN) e André Hernan (Sportv).

    Artigos Relacionados

    Topo