Exclusivo: goleiro do Boa Esporte-MG, Renan Rocha fala sobre quarentena: “O ambiente do futebol faz muita falta”

- O atleta chegou ao clube mineiro no ano passado e renovou seu vínculo por mais uma temporada
Renan Rocha

Durante entrevista exclusiva ao portal “Futebol na Veia”, o goleiro do Boa Esporte, Renan Rocha, 33 anos, contou como foi impactado com a chegada pandemia do novo coronavírus ao Brasil, além de revelar que com a suspensão dos jogos e mais tempo em casa, pode usufruir mais tempo ao lado de sua família.

“No começo demorou um pouco pra cair a ficha, mas então quando tudo parou mesmo, sendo que nosso último jogo já havia sido com portões fechados vi o quão grande era a situação em que nos encontramos. O que pude aproveitar muito nessa parada, e o tempo que posso estar com a família.”

Com a decretação da quarentena pelas autoridades, os treinamentos dos atletas nos centro de treinamentos também acabou sendo suspensos. Com a finalidade de manter a boa forma, o arqueiro contou que vinha fazendo uma série de exercícios em casa, contudo agora as atividades estão sendo feitas na academia da cidade, seguindo as recomendações de segurança.

“A rotina mudou sim, no começo fazia somente exercícios em casa e saia correr na estrada, para não perder muito o condicionamento físico! Mas já tem duas semanas que as academias aqui da cidade de Varginha estão funcionando com limitação de pessoas por horário e com os devidos cuidados de desinfectação, então estou indo a academia e fazendo uma preparação melhor já”.

Ansiedade pelo retorno

A última vez que o Boa Esporte esteve em campo foi no empate em 2 x 2 contra o Uberlândia no dia 15 de março, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Mineiro. Entretanto, a partida foi realizada com os portões fechados. Ou seja, já são dois meses sem entrar em campo e a saudade é inevitável.

“Fico na ansiedade para que volte o quanto antes, pois ficar em casa sem poder treinar e jogar é complicado, além do mais, todo o ambiente do futebol faz muita falta”.

Questionado sobre a possibilidade do retorno das competições, mesmo em meio a pandemia. Renan Rocha ressaltou que atendendo todos os protocolos de segurança, acredita que é possível. No entanto, afirmou que com a presença de torcedores só quando se descobrir a vacina.

“Acredito que pudesse voltar sim, mas com todos os envolvidos fazendo exames periodicamente e tomando todos os cuidados precisos, assim como já voltaram alguns campeonatos na Europa. Já pra ter torcedores dentro do estádio, acredito que só no momento quando houver uma vacina. Aí sim tudo voltaria à normalidade.”

Renan Rocha renova contrato

O arqueiro chegou ao Boveta no começo do ano de 2019. Assim sendo, registra 41 partidas pelo clube. Renan Rocha foi capitão da equipe mineira e conquistou o Troféu do Interior de Minas Gerais no ano passado.

Seu contrato venceria no dia 30 de abril, entretanto, o clube decidiu firmar novo vínculo com o atleta quatro dias antes do encerramento com duração de uma temporada.

“O contrato acabaria dia 30 de abril, mas devido à pandemia, já tinham me contactado para renovar e acabei aceitando. Comprei a ideia do clube, pois disseram que vão manter a base para jogar a Série C e subir à Série B novamente. Renovei meu contrato até o fim do estadual do ano que vem, em maio de 2021”.

Foto Destaque: Patrocinio Photos Studio Sports

Tathiane Marques

Sobre Tathiane Marques

Tathiane Marques já escreveu 157 posts nesse site..

Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

365 Scores

BetWarrior


Tathiane Marques
Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

Artigos Relacionados

Topo