EUA e Tailândia protagonizaram jogo de 13 gols! Todos americanos

Grupo F da Copa é marcado por maior goleada em Mundiais

A seleção feminina dos EUA aplicou uma gigante goleada sobre a Tailândia. O resultado foi o mais expressivo da história da Copa do Mundo, superando a vitória de 11 x 0 da Alemanha diante da Argentina no Mundial de 2007. A partida aconteceu na tarde desta terça-feira (11), no estádio Auguste-Delaune, localizado na cidade de Reims.

1° tempo

Atual campeão do torneio, os EUA não demoraram para abrir o placar. Logo aos 12, Alex Morgan balançou as redes após tramitação de Kelley O’Hara, que cruzou na cabeça da atacante. Embaladas com o gol precoce, as americanas não tardaram em ampliar o marcador. Oito minutos depois, mais uma vez Alex Morgan participou do lance, mas agora com assistência. A atacante ajeitou para Rose Lavelle deixar o dela.

O time americano aproveitou os 45 minutos iniciais para esticar o marcador. Lindsey Horan foi surpreendida positivamente após a zaga tailandesa falhar. A meia chutou forte de dentro da área, não dando chance para goleira adversária. Precisando recuperar o placar, a seleção da Tailândia, porém, não conseguiu propor o jogo, e as americanas aproveitavam da fragilidade defensiva e ofensiva de suas oponentes. Contudo, a primeira etapa terminou com o placar de 3 x 0 à favor das norte-americanas.

2° tempo

Com a porteira já aberta, as americanas não pararam de atacar. Nos primeiros 10 minutos, a equipe já havia balançado as redes em quatro oportunidades: Mewis duas vezes; Morgan novamente e Lavelle mais uma vez. Não perca as contas: 7 x 0.

As tailandesas nada podiam fazer a não ser esperar o fim do jogo. Os ataques pontuais eram ineficientes, e as americanas, quando não faziam o gol, pressionavam de todas as maneiras, embora voltassem a marcar depois de 20 minutos do 7º gol.

Não sossegada, Morgan, artilheira do jogo, voltou a mexer no marcador aos 29′. A capitã Rapione, logo em seguida, deixou sua marca, o 9° gol da equipe. Incansável, Morgan inaugurou os dois dígitos do placar. A atacante marcou seu quarto gol no jogo e o 10° da equipe estadunidense. O décimo gol, no entanto, não foi o bastante para elas. A meta, então, foi quebrar o recorde construído em 2007 na vitória da Alemanha diante da Argentina.

Portanto, Mallory Pugh foi a responsável em igualar o recorde. Logo após, Morgan se isolou na artilharia na Copa do Mundo fazendo seu 5º gol no duelo e o 12º das americanas. O expressivo resultado ficou ainda maior nos acréscimos, quando Carli Lloyd, enfim, fechou a conta.

E agora?

Pois é: e agora para Tailândia? Após sofrer a maior goleada da história em Copas, a seleção tailandesa tentará reunir forças, no próximo domingo (16), às 10h (horário de Brasília), para enfrentar a Suécia, que venceu na estreia. Já seleção dos EUA está ainda mais confiante no seu favoritismo, enfrentará o Chile, também no próximo domingo, às 13h (horário de Brasília).

Sergio Vitor

Sobre Sergio Vitor

Sergio Vitor já escreveu 138 posts nesse site..

Jornalista com 22 anos de idade, atua, há três, como repórter, redator e social media para uma revista especializada do setor de seguros, economia e negócios. Em 2016, ainda na graduação, começou a dedicar seu tempo escrevendo matérias no Futebol na Veia. Atualmente, é responsável pela análise de SEO do FNV, além de participar de programas esportivos na rádio, todos alinhados ao site.


 

365 Scores

 

Sergio Vitor
Sergio Vitor
Jornalista com 22 anos de idade, atua, há três, como repórter, redator e social media para uma revista especializada do setor de seguros, economia e negócios. Em 2016, ainda na graduação, começou a dedicar seu tempo escrevendo matérias no Futebol na Veia. Atualmente, é responsável pela análise de SEO do FNV, além de participar de programas esportivos na rádio, todos alinhados ao site.

Artigos Relacionados

Topo