A errônea “venda” de mando do Linense

No último domingo, 2 aconteceu o primeiro jogo entre Linense x São Paulo pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Como se sabe, o time de Lins não poderia jogar a partida em seu campo, e fechou um acordo com o Tricolor Paulista para que as duas partidas ocorressem no Morumbi.

Mas o que se viu no domingo, com certeza, foi algo que o Linense não esperava. O público pagante foi de apenas 15.480 pessoas, gerando uma renda livre (já dividida com o São Paulo) de apenas R$ 60.715,52 – para comparar, recebendo o Palmeiras em casa, o Linense ganhou R$ 320 mil -, o time até chegou a pedir explicações do São Paulo sobre a renda, mas o Tricolor explicou que por ser um jogo decisivo as despesas foram maiores e era esperado um público de 50 mil pessoas, o que não ocorreu.

E não foi apenas em dinheiro que o time de Lins perdeu, deixando o Tricolor bem à vontade em sua casa, o Linense foi derrotado por 2×0, e o que se viu foi uma sucessão de erros.

É possível afirmar que o grande erro do time do interior foi jogar exatamente na casa de seu rival como mandante, e talvez possa ter sido, sim, o maior deles. O São Paulo se fortaleceu (ainda mais) diante do Linense, e com confiança, teve 70% da posse de bola, 22 finalizações contra 5, e quase 600 passes. Claramente, o jogo de um time só, pois o time do interior apenas se defendeu (pelo menos tentou), e além de um jogo ruim, o Linense teve um jogador expulso.

O Linense deu um “tiro no pé” acordando os dois jogos no Morumbi, e agora sofre as consequências. O que se espera do próximo jogo é um São Paulo ainda mais forte e confiante, pressionando cada vez mais o time do interior.

Thaís Duarte

Sobre Thaís Duarte

Thaís Duarte já escreveu 50 posts nesse site..

Thaís Duarte, 23. Jornalista, seu maior desejo é especializar-se em jornalismo esportivo. Adora ir ao estádio e viver de perto, a emoção de uma partida de futebol. Sonhadora, mas com os pés no chão corre atrás dos seus objetivos, sem desistir jamais.

BetWarrior


Thaís Duarte
Thaís Duarte
Thaís Duarte, 23. Jornalista, seu maior desejo é especializar-se em jornalismo esportivo. Adora ir ao estádio e viver de perto, a emoção de uma partida de futebol. Sonhadora, mas com os pés no chão corre atrás dos seus objetivos, sem desistir jamais.

Artigos Relacionados

Topo