Equador x Japão – Prognóstico dos dois piores no grupo

O confronto define o adversário do Brasil nas quartas de final

Hoje (24), às 20h00 (horário de Brasília), no Estádio Mineirão em Minas Gerais. Equador e Japão vão decidir quem fica em 3° lugar no Grupo C da Copa América 2019. Desse modo avançando às quartas de final e já conhecendo o adversário. A seleção brasileira. Contudo, se o empate persistir, ambos são eliminados e o Paraguai, do Grupo B, avança e enfrenta o Brasil na fase seguinte. Assim sendo, somente a vitória interessa. Esse duelo entre sul-americanos versus ásiaticos, promete ser bem movimentando.

EQUADOR

Antes de tudo é fundamental ressaltar a péssima campanha equatoriana. Primeiramente, na atual edição da Copa América, o selecionado de Hernán Bolillo Gómez ainda não somou nenhum ponto. Portanto não venceu nenhuma partida, perdeu contra o Chile e Uruguai. Marcou apenas um gol e levou seis, conseguindo ser pior que Bolívia e Catar, seleções historicamente fracas. Entretanto, a ausência de Gabriel Achilier é certa, o jogador foi expulso no último jogo. José Quintero volta de suspensão. Ademais, Francisco Egas, presidente da Federação Equatoriana de Futebol (FEF), se pronunciou após a derrota diante o Chile por 2 x 1.

“A realidade do futebol nacional é esta, jogadores que não conseguem se consolidar em suas equipes, que não conseguem saída para o futebol exterior do primeiro nível do futebol mundial, e que quando vão, retornam rapidamente. Estamos com uma seleção de jogadores que têm pouco ritmo de jogo, que têm pouca competência em suas equipes”.

Provável escalação: Domínguez; Velasco, Quintero, Mina e Valencia; Caicedo, Orejuela e Mena; Ibarra, Preciado e Enner Valencia. Técnico: Hernán Goméz.

JAPÃO

O assunto do momento na seleção nipônica é a boa atuação contra o Uruguai, apesar do jogo ficar empatado em 2 x 2. Do mesmo modo, muito se fala na opção do técnico Hajime Moriyasu em convocar atletas sub-20 para a Copa América. Todavia, Hajime explica.

“Comentários de natureza crítica, não nos dizem respeito. Nossa equipe, nossa comissão técnica e nossos jogadores montaram a estrutura sabendo da nossa participação, viemos com foco nos jogos em si, concentrados para disputar cada partida e buscar as vitórias”. 

Sobretudo, os Samurais Azuis, estão focados somente na partida de logo mais. Todos os jogadores estão a disposição, incluindo o “Messi japonês”, Takefusa Kubo, recém contratado do Real Madrid-ESP. Dessa forma, a estratégia contra o Equador, deverá ser a mesma utilizada nos jogos contra Uruguai e Chile.

Provável escalação: Osaku; Iwata, Tomiyasu, Naomichi Ueda e Sugioka; Nakayama, Shibasaki, Nakajima, Kubo e Ito; Ayase Ueda. Técnico: Hajime Moriyasu.

RETROSPECTO

As seleções se enfrentaram apenas em três oportunidades e o Japão venceu todas. Portanto foram dois amistosos, o primeiro em 1995, terminando 1 x 0. O segundo embate, foi em partida válida pela Kirin Cup de 1995 (torneio de cunho amistoso, organizado pela empresa do ramo de bebidas, Kirin). Dessa vez o resultado foi de 3 x 0. Por fim o terceiro e último confronto foi um amistoso, há doze anos. Em 2006, o Japão ganhou e denovo por 3 x 0.

APOSTA INDICADA

Visto que a vitória é crucial para a permanência das duas seleções na Copa América. Não apenas o Equador, como também o Japão devem ter propostas ofensivas, buscando marcar gols. Em caso de empate, ambos estarão eliminados do torneio, cedendo vaga ao Paraguai. Desse modo a 1xbet paga 4,24 pelo empate, assim desclassificando os selecionados.

Odds: 1 (1,94) | x (4,24) | 2 (3,54)

Luciano Massi

Sobre Luciano Massi

Luciano Massi já escreveu 142 posts nesse site..

Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Luciano Massi
Luciano Massi
Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

Artigos Relacionados

Topo