Empate de Boston River e Cerro desagrada no Uruguaio

Equipes fizeram um bom jogo, mas a igualdade não ajuda nenhum deles
Empate de Boston River e Cerro desagrada no Uruguaio

Na noite da última quinta-feira (19), Boston River Cerro jogaram no Estádio Campeones Olímpicos, no município de Florida, no Uruguai, pela 2ª rodada do Clausura Uruguaio 2019. O duelo terminou em empate por 2 x 2, algo que não ajudou as equipes. Os donos da casa lutam contra o rebaixamento e os visitantes são o último colocado da tabela anual, se livrando por pouco da zona de rebaixamento.

1º tempo

O jogo teve um começo frenético de busca pelo gol. Maureen Franco surpreendeu ao abrir o placar com um minuto e meio de jogo, numa rápida puxada de contra-ataque de Diego Casas, que serviu o  camisa 10 que só precisou empurrar para o gol. Mas Loco Abreu quase que imediatamente igualou, aos três minutos, com passe de Pablo Alvarez. Assim, ambos estavam com 100% de aproveitamento nas finalizações. Franco teve outra chance clara, na marca do pênalti, mas Gonzalo Falcón defendeu seu chute.

Os visitantes continuaram pressionando e Tancredi teve outra oportunidade, esta de fora da área, mas mandou por cima do gol.Porém, aos 19′, Guillermo Fratta virou o jogo para os mandantes após uma cobrança de falta de Marcelo Tapia. O mesmo Tapia teve a chance de ampliar. Num rápido contra-ataque, ele ficou frente a frente com o goleiro Rodrigo Fomento e chutou em cima do arqueiro, que defendeu. Porém, Tapia tinha Loco Abreu sozinho dentro da área, mas foi fominha e o por isso o Boston não ampliou. Mas a chance mais nítida apareceu com um chute desviado de Rodrigo Izquierdo, pelos visitantes, mas foi para fora.

2º tempo

Na segunda metade, o empate saiu logo aos oito minutos. Após um bom passe de Franco López, que havia entrado no 2º tempo, Maureen Franco marcou seu segundo gol e igualou o placar num chute cruzado. O Boston River quase voltou a ficar a frente do placar numa cobrança de escanteio que buscava o gol olímpico. O complemento não teve a mesma força do primeiro e os treinadores procuraram por mudanças ofensivas, mas sem efetividade.

E agora?

Com o empate, Boston River e Cerro ficam insatisfeitos. Isso porque o Boston segue na zona de rebaixamento na tabela de promedios, enquanto o Cerro permanece perto desta região. No Clausura, o Boston fica na 12ª posição com um ponto, enquanto o Cerro fica na 6ª colocação com quatro tentos, ainda invictos no torneio. Neste domingo (22), às 16h (horário de Brasília), as equipes voltam a campo. O Boston River visita o River Plate, enquanto o Cerro recebe o Danubio.

Melhores Momentos

Foto destaque: Twitter / @CampeonatoAUF

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1140 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo