Em duelo local, Confiança vence Freipaulistano e retoma liderança de chave no Nordestão

Na outra partida, Náutico sai reclamando de arbitragem após ser derrotado pelo Botafogo-PB, no Almeidão
Confiança .

Neste sábado (8), mais dois jogos movimentaram a 3ª rodada da Copa do Nordeste. Assim, no Almeidão, na estreia de Léo Moura, Botafogo-PB abriu vantagem com Luís Gustavo e Rodrigo Andrade. No entanto, Jean Carlos descontou para o Náutico decretando o triunfo do Belo por 2 x 1. Já no confronto sergipano de seis gols, Confiança venceu Freipaulistano por 4 x 2, em grande noite de Reis. O camisa 7 marcou dois gols na partida, enquanto que Mikael e Alyson completaram o placar. Já para o Touro do Agreste, Tiquinho e Luan marcaram.

Dessa forma, com os resultados, Confiança reassumiu a liderança do Grupo B com sete pontos e é a sensação do Nordestão. Enquanto que o Botafogo-PB volta para o G4 do Grupo A com cinco pontos. Já o Náutico deixou o topo da segunda chave e Freipaulistano amarga a lanterna da chave A. Assim, na próxima rodada, no sábado (15), Timbu faz o clássico contra Sport, às 18h (horário de Brasília) e o Gigante Azulino recebe River-PI, às 20h (horário de Brasília). Já no domingo (16), Belo visita CSA, às 18h (horário de Brasília) e o Touro do Agreste viaja à Salvador para enfrentar o Vitória, às 18h (horário de Brasília).

COPA DO NORDESTE – FASE DE GRUPOS – 3ª RODADA

BOTAFOGO-PB 2 x 1 NÁUTICO

Assim, Náutico começou a partida melhor, encurralando o adversário em seu campo de defesa. Logo aos 6′, Erick recebeu pela direita e cruzou, mas ninguém tocou na bola. Em seguida, Botafogo-PB começou a ganhar terreno e Kelvin quase marcou batendo colocado para boa defesa de Jefferson. No escanteio, Luis Gustavo subiu mais alto que a marcação para abrir o placar para o Belo, no Almeidão. Com a desvantagem o Timbu passou a ter dificuldades para construir jogadas ofensivas. Dessa forma, partia sem está organizado e dava espaços para contra-ataques.

Na etapa final, Pimentinha infernizou a defesa do Náutico. Aos 7′, Lohan foi derrubado na área por Ronaldo Alves, pênalti. Rodrigo Andrade converteu e ampliou a vantagem paraibana. No entanto, no minuto seguinte, Jean Carlos arriscou de fora da área e acertou um chute de rara felicidade para descontar para os Alvirrubros. Após, o clima esquentou em campo e Diego Silva foi expulso. Com um a mais em campo, Botafogo-PB passou a dominar o jogo. Já no final da partida, Bryan recebeu vermelho e também foi expulso pelo Timbu. Nos acréscimos, os Pernambucanos ainda tiveram gol anulado de Salatiel.

FREIPAULISTANO 2 x 4 CONFIANÇA

Com a cabeça no Campeonato Sergipano, Freipaulistano entrou em campo com a equipe alternativa. Assim, desde o princípio da partida, Confiança foi melhor através das boas tramas de Reis e Mikael. Logo aos 16′, Gigante Azulino trocou passes pela esquerda e Silva cruzou na área. Mikael ainda tentou a finalização, mas a bola ficou para Reis abrir o placar. Em seguida, Ítalo carimbou o travessão dos donos da casa. No entanto, mesmo com o amplo domínio visitante, o Touro empatou. Aos 37′, em contra-ataque, Matheus alçou na área, Amaral desviou de cabeça, e Tiquinho deixou tudo igual. Ainda houve pedido de pênalti e gol anulado.

Na volta do intervalo, o ponteiro não havia dado uma volta quando Jeferson Lima deu passe de primeira para Mikael, em velocidade, recolocar o Confiança na frente do placar. Sem recuar com o gol, Freipaulistano seguia em busca de novo empate. No entanto, aos 32′, Thiago Ennes cruzou e Reis cabeceou para ampliar a vantagem azulina. Já na reta final, a defesa visitante vacilou, Luan achou espaço para finalizar e diminuiu o marcador para o Touro. Assim, o tento pôs fogo no final da partida com as equipes em busca de garantir o resultado positivo. Dessa forma, nos acréscimos, Alyson decretou o triunfo do Trovão Azul.

Foto Destaque: Reprodução / Felipe Rosendo / Globoesporte.com

Ricardo do Amaral

Sobre Ricardo do Amaral

Ricardo do Amaral já escreveu 313 posts nesse site..

"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

BetWarrior


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados

Topo