Em dois minutos, Chongqing derrota Shenzhen e avança na tabela da Superliga Chinesa

- Alan Kardec e Jin Feng foram para a rede na manhã desta quarta-feira
Em dois minutos, Chongqing derrota Shenzhen e avança na tabela da Superliga Chinesa

Pela 18ª rodada do Campeonato Chinês, o Chongqing foi até Shenzhen encarar o time da casa, na manhã desta quarta-feira (17). A partida aconteceu no Shenzhen Universiade Sports Centre, e os torcedores mandantes não saíram muito felizes, por conta da derrota de seu clube que ainda corre riscos. Enquanto isso, o ganhador conseguiu subir na classificação, após dois jogos ruins.

1º Tempo

O jogo foi sem grandes emoções na etapa inicial. As duas equipes arrancaram poucas finalizações, mas elas não rumaram ao gol. Somente uma, das três do Shenzhen que chegou na direção, porém o goleiro rival estava atento. Com poucas chances e posse de bola rigorosamente igual, o resultado não poderia ser outro a não ser o 0 x 0.

2º Tempo

Na volta do intervalo, o clube visitante voltou disposto a conseguir a vitória. Apesar de ter menos o controle da bola, foi o Shenzhen quem arriscou mais (12), porém apenas uma foi na direção do gol. Por outro lado, com apenas seis chances, o Chongqing foi mais preciso e balançou as redes. Primeiramente, aos 22′, quando Fernandinho cruzou e encontrou Alan Kardec livre para marcar. Mais tarde, aos 24′, o brasileiro foi lançado, viu Jin Feng sem marcação e sem goleiro, e ampliou o placar. E foi assim que o Touro conquistou mais três pontos na tabela de classificação.

E Agora?

Com a vitória, o Chongqing pulou para o 5º lugar na tabela, com 27 pontos, graças ao empate do Wuhan Zall contra o Jiangsu Suning. Já o Shenzhen, com a derrota se mantém na beira do abismo, em 14º lugar, com 14 pontos e três a mais do que o Tianjin Tianhai. Na próxima rodada, tentará se recuperar diante do Shandong Luneng, no domingo fora de casa, às 8h35 (horário de Brasília). Enquanto isso, Chongqing tem outra pedreira pela frente, no mesmo dia, mas 9h (horário de Brasília) contra o Shanghai SIPG.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 891 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

365 Scores

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo