Em dia de homenagem a Sala, Nimes bate o Nantes de virada na Ligue 1

Equipe da casa abre 2 x 0 no primeiro tempo, mas acaba "dormindo" e tropeça; Lille, Rennes e Nice vencem

Neste domingo (10), seis jogos fecharam a 24ª rodada no Campeonato Francês. Nimes e Lille venceram longe de seus domínios, Rennes e Nice fizeram o “dever de casa”. Montpellier x Mônaco e Toulouse x Reims ficaram na igualdade numérica. Confira todos os detalhes do encerramento da rodada na Ligue 1:

LIGUE 1 – 24ª RODADA

Nantes 2 x 4 Nimes

Vindo de empate diante do Saint-Etienne na última rodada, os canários entraram em campo buscando a sétima vitória na competição e contava com o apoio dos 35 mil presentes no Stade de la Beaujoire para se afastar de vez da assombrosa “zona da degola”. Ainda antes do jogo, a equipe voltou a homenagear Emiliano Sala, vítima de um acidente aéreo. Flores e orações, junto à sua foto foram concebidas, com bastante emoção.

A equipe de Vahid Halilhodzic começou freneticamente, ao abrir o placar com o centroavante malês Kalifa Coulibaly de cabeça, aproveitando cruzamento pela esquerda, logo aos 15’. O camisa 7 ainda foi calçado na área e o árbitro Clement Turpin assinalou a penalidade; na batida, Majeed Waris bateu forte, no meio, para ampliar a vantagem, fazendo o Nantes ir ao vestiário com 2 x 0.

O que já se parecia um completo domínio, já que os donos da casa obtinham 58% da posse de bola, o jogo começou a se desenhar completamente diferente na segunda etapa. Logo aos dois minutos, Baptiste Guillaume, como um exímio “camisa 9”, acreditou na bola lançada por Savanier na ponta esquerda e descontou aos visitantes. Avançando a marcação e acreditando no empate, Antonin Bobichon recebeu na entrada da área e bateu de força estranha, mas ela acabou encobrindo o arqueiro Tatarusanu e morreu dentro da caixinha.

Faltando apenas cinco minutos, os crocodilos souberam aproveitar o contra-ataque do melhor jeito possível e chegou a virada, com Ferri persistindo e chutando duas vezes; na primeira, a trave ajudou o time dos brasileiros Andrei Girotto e Fábio, já na segunda tentativa, o tento foi anotado. Sadia Thioub surpreendeu os anfitriões e fechou o placar ao Nimes.

O Nantes volta a campo para enfrentar o vice-lanterna Caen, em jogo atrasado, nesta quarta-feira (13), às 16h30, no Stade Michel d’Ornano. Enquanto o Nimes recebe o Dijon no próximo sábado (16), às 17h, no Stade des Costières.

Guingamp 0 x 2 Lille

A zebra olhou sorrateiramente, mas declinou sobre aparecer na tarde de domingo, no Stade du Roubouron. Tecnicamente superior, o Lille não sentiu dificuldades para bater o Guingamp e conquistou sua 15ª vitória na competição, enquanto o EAG chegou ao mesmo número negativamente e parece não se encontrar na competição. Logo aos 2’ da etapa final, Jonathan Ikone fez linda jogada individual, deixando o lateral Rebocho para trás e rolou para Rafael Leão marcar seu sétimo gol na Ligue 1.

A grande polêmica do jogo ficou por parte de Marcus Thuham, que marcou o gol de empate, mas viu o tento ser anulado após ajuda do VAR. Assim, o atual lanterna desmotivou na partida e ainda viu os Dogues serem salvos pelo travessão, em bola aérea por Nolan Roux. Já nos acréscimos, o árbitro Benoit Bastien ainda marcou pênalti de Rebocho em Loic Rémy. O mesmo deslocou o goleiro Caillard na batida e assegurou a vice-liderança ao Lille.

O Guingamp vai até o Parque Olympique Lyonnais para enfrentar os anfritriões, na próxima sexta (15), às 17h45, já o Lille recebe o Montpellier no Pierre-Mauroy, domingo (17), às 11h.

Rennes 3 x 0 Saint-Étienne

Os Vermelhos e Pretos sequer sentiram a pressão de encarar a interessante equipe Vert et blanc e mostraram o porquê de estarem evoluindo a cada rodada no Campeonato Francês. M’Baye Niang foi ao segundo andar, após cobrança de escanteio, logo aos 21’, e já iniciou a vantagem dos comandados por Julien Stephan. Com o gol, os anfitriões trabalharam na calma e apostaram na tranquilidade em transições e jogadas pelas pontas.

Por outro lado, o Saint-Étienne ainda dependia de Lois Diony, que por pouco não empatou, quando recebeu livre na pequena área, mas parou na trave direita de Koubek. Subotic ainda teve um dia de “gol perdido”, depois de rebote, mas jogou por cima. Na segunda etapa, os donos da casa pressionaram, mas pararam em Ruffier, operando pequenos milagres. O VAR entrou em ação novamente, aos 42’, posterior à mão na bola de Perrin; na batida, o habilidoso meia Hatem Ben Arfa bateu com qualidade. O arqueiro rival ainda chegou a encostar na bola, sem efeito.

O Rennes “muda a chave” e agora foca no duelo contra o Real Betis, quinta-feira (14), às 15h50, em jogo válido pela Europa League. Saint-Étienne recebe o líder PSG, no próximo domingo (17), às 17h.

Nice 1 x 0 Lyon

Em jogo morno, os Aiglons fizeram apenas o necessário para bater os Gones e se recuperaram da dura derrota sofrida diante do Lille, por 4 x 0, em sua última jornada. O gol marcado pelo canhoto Rémi Walter, de pênalti, deu a tranquilidade essencial aos comandados pelo ex-jogador Patrick Vieira, que chegaram em sua décima vitória.O time de Bruno Génésio se manteve na terceira colocação, a seis pontos de Montpellier e a vaga aos Playoffs da Champions League começa a madurar.

Na próxima rodada, os mandantes enfrentam o Angers, no Stade Jean Bouin, e o OL encara o Guingamp, no Parque Olympique Lyonnais, nos dias 15 e 16, respectivamente.

Montpellier 2 x 2 Mônaco

O time do Principado, buscando sair da zona de rebaixamento para a Série 2, encarou a perigosa equipe do Montpellier, no Stade de la Mosson e saiu ganhando, com gol de Gelson Martins aparecendo como um “elemento surpresa”, e boa bola de Ballo, pela esquerda. O português ainda teve a chance de ampliar o marcador ao sair livre, contra Lecomte. No entanto, o goleiro de 27 anos que vive fase favorável, levou a melhor e evitou o tento.

O oportunismo de Gaetan Laborte empatou a partida, com falha de Mukinayi na pequena área, aos 11’ da segunda etapa. Se por um lado, o centroavante Laborte estava em dia inspirado, do outro foi a vez de Radamel Falcão, totalmente sem ângulo, mostrar o instinto artilheiro e colocar o Mônaco novamente em vantagem. O jogo eletrizou no final, com um repentino pênalti marcado e convertido para os donos da casa, com Andy Delort e a expulsão do zagueiro brasileiro Jemerson, em “tesoura” no mesmo.

O Montpellier volta a jogar domingo (17), no Pierre-Mauroy, às 11h, diante do Lille. Já o Mônaco atua um dia antes, contra o Nantes, às 17h, no Stade Louis II.

Toulouse 1 x 1 Reims

Em duelo de meio da tabela, os mandantes buscaram o empate nos minutos finais, após o Reims abrir o placar com Remi Oudin e se fechar, sem espaços defensivos. No entanto, o gol de empate saiu com a excelente visão de jogo do meia Manu García Alonso, servindo o costa marfinense Max Gradel, que de “bate e pronto” marcou seu décimo gol na Ligue 1.

O atacante Yaya Sanogo ainda teve a “oportunidade do jogo” em seus pés, porém, acabou chutando em cima do guarda redes da Guinea-Bissau, Edouard Mendy. No próximo desafio, os Pitchounes enfrentam o Bordeaux, domingo (17), no Matmut Atlantique; já os Rouge et Blanc recebem o Rennes, no Auguste Delaune, às 13h.

Igor Ribeiro

Sobre Igor Ribeiro

Igor Ribeiro já escreveu 86 posts nesse site..

Igor Ribeiro, 19 anos, é um apaixonado por futebol.Nascido no ano de 2000 em Campinas, interior de São Paulo, sempre mostrou grande afeição por esportes. Se fez muito interessado pelas leituras em jornais e o interesse acerca do futebol foi a principal influência para sua escolha ao Jornalismo, área que desde cedo escolhera.Com essa paixão presente em sua vida, sempre é o primeiro no “vamos organizar um futebol” e totalmente contra gritar gol antes da hora!

1X Bet
Igor Ribeiro
Igor Ribeiro
Igor Ribeiro, 19 anos, é um apaixonado por futebol.Nascido no ano de 2000 em Campinas, interior de São Paulo, sempre mostrou grande afeição por esportes. Se fez muito interessado pelas leituras em jornais e o interesse acerca do futebol foi a principal influência para sua escolha ao Jornalismo, área que desde cedo escolhera.Com essa paixão presente em sua vida, sempre é o primeiro no “vamos organizar um futebol” e totalmente contra gritar gol antes da hora!

Artigos Relacionados

Topo