Elas tem o dom!

O que as mulheres da foto tem em comum? São simplesmente as melhores jogadoras da história do futebol feminino. Juntas elas tem 13 prêmios de melhor jogadora do mundo, sendo cinco da brasileira Marta, três da alemã Birgit Prinz, dois da norte-americana Mia Hamm, um da também norte-americana Abby Wambach, um da alemã Nadine Kessler e o de 2015 foi dado a Carli Lloyd, norte-americana.

Hoje as mulheres figuram seguramente em alto nível e disputam muito aguerridamente jogo a jogo, título a título. Vamos destacar o perfil de cada uma delas:

mia-por-360_9440Mia Hamm: Ganhou por duas vezes o título de melhora jogadora do ano, em 2001 e 2002, tendo ficado em segundo lugar nos dois anos seguintes, sendo que para mulheres este prêmio começou a ser atribuído em 2001. Hamm possuía o recorde de mais gols feitos, tanto por homens quanto por mulheres na história do futebol, até que em 2013, sua compatriota Abby Wambach fez seu 159º gol e quebrou seu recorde. Encerrou sua carreira profissional em 2004. Pela Seleção Norte-Americana venceu duas vezes a Copa do Mundo (1991 e 1999) e conquistou o ouro olímpico também duas vezes (Atlanta 1996 e Atenas 2004), além da medalha de prata em Sidney 2000.

 

abby-wambach-zoom-73c1c315-6cfd-4b40-b289-9e77cd8d8e8fFoi melhor jogadora do mundo de 2012, eleita pela FIFA. Possui maior número de gols dentro da Seleção dos Estados Unidos e também o recorde internacional de gols feitos por Seleções, tanto por jogadores homens quanto por mulheres. Abby competiu em três Copas do Mundo (2003, 2007 e 2011). Participou duas vezes do Jogos Olímpicos (Atenas 2004 e Londres 2012, medalhista de ouro em ambas). Nesses cinco eventos, ela jogou em 29 partidas e fez 22 gols. Aposentou-se em outubro de 2015.

Hope-Solo-Interview-New-MarriageEm 23 de junho de 2008, foi anunciado que ela seria a goleira titular da equipe dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Em 21 de agosto, a seleção ganhou o ouro após vencer o Brasil por 1 a 0 no tempo extra (prorrogação).
Na Copa do Mundo Feminina de 2011, sua seleção foi vice-campeã, perdendo para o Japão em uma final época decidida nos pênaltis, e Hope Solo faturou dois prêmios individuais, a Bola de Bronze, como 3ª melhor jogadora da competição e a Luva de Ouro, como melhor goleira da competição. Em Londres 2012, ajudou sua seleção a ser medalha de ouro, no tri-campeonato consecutivo, 5ª medalha de Ouro no total de Olimpíadas.

 

downloadAlex foi um dos principais destaques da Copa do Mundo de 2011. Fez o primeiro gol da final contra o Japão e ainda deu assistência para o segundo gol dos EUA (Abby Wambach de cabeça), porém as japonesas empataram o jogo em 2 a 2, e as nipônicas venceram nos pênaltis por 3 a 1.
No final de novembro de 2012, foi indicada pela FIFA para a final do prêmio de melhor jogadora, junto com a brasileira Marta e a estadunidense vencedora Abby Wambach. Em 2015 conquistou a Copa do Mundo, no Canadá, após vencer o Japão na grande final por 5 a 2.

 

200px-Carli_Lloyd_USA_vs_Can_Sep17Na final do Torneio de Futebol Feminino das Olimpíadas de 2008 entre as seleções femininas de Brasil e EUA, marcou na prorrogação o único gol do jogo que deu a vitória e a medalha de ouro para a Estados Unidos. Em 2015, teve participação direta na conquista do tricampeonato americano na Copa do Mundo, realizada no Canadá, tendo sido autora de 3 gols na vitória de seu país sobre o Japão por 5 a 2, sendo um dos gols feitos do meio do campo.

 

 

 

Birgit-PrinzFoi eleita em 2003, 2004 e 2005 a melhor jogadora do mundo pela FIFA. Marcou sete gols pela Alemanha no Mundial de 2003 e jogou também de titular nas Olimpíadas de 2004. Na Copa do Mundo de 2007, novamente foi à final da competição sendo ao mesmo tempo a melhor jogadora e líder de sua seleção e novamente foi campeã mundial. Disputou as Olimpíadas de 1996, 2000, 2004 e 2008, conquistando a medalha de bronze nas três últimas participações. Foi campeã do mundo com a Alemanha em 2003 e 2007. Em 2011, aos 33 anos, anunciou sua aposentadoria.

 

UEFA13_GER_08_Kessler_Nadine_130714_ICE-GER_0-3_222028_4622Foi eleita melhor jogadora do mundo em 2014.

tumblr_npl56a1vUN1td6f30o1_500

Marta já foi escolhida como melhor futebolista do mundo por cinco vezes consecutivas, um recorde entre mulheres e alcançada em 2015 por Lionel Messi. Em 2015, ela se tornou a Maior Artilheira da História das Copas do Mundo Feminina, com 15 gols e também se tornou a maior artilheira da história da Seleção Brasileira, contando masculina e feminina, com 101 gols e superando Pelé, com 95.
Após a grandes exibições, chegou a ser comparada a Pelé, sendo chamada pelo mesmo de o “Pelé de Saias”.

Conquistou, com a Seleção a medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos de 2003 e 2007, liderando a artilharia da competição com 12 gols nestes últimos. Foi ainda medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2004 e 2008.

Cristiane é eterna parceira de Marta na Seleção, é sua companheira de ataque e grande matadora. Já foi eleita a segunda melhor jogadora do mundo.

 

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1047 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


 

365 Scores

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo