É hoje ou nunca: tribunal decide futuro de Guerrero nesta quinta

O atacante da seleção peruana vai ser julgado hoje as 3h45 (horário de Brasília) em Lausanne, na Suíça

 

A cidade francófona da Suíça, em Lausanne, vai ser o grande palco onde será realizado o último capítulo do caso do atacante da seleção peruana e do Flamengo José Paolo Guerrero Gonzáles, que está sendo julgado por doping desde novembro de 2017. Depois do confronto entre Argentina e Peru pelas eliminatórias da copa, o exame antidoping indicou que na urina do jogador havia substâncias benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína. A partir das 15h45 (horário de Brasília) desta quinta feira 3, o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) vai decidir se o atleta vai ser liberado e voltar a jogar ou se vai ser suspenso por mais tempo fora dos gramados.

Hoje se encerra o prazo da primeira suspensão de seis meses determinado pela FIFA, se o jogador for absorvido pelo TAS poderá realizar um dos seus maiores sonhos, defender sua seleção que volta a se classificar 32 anos depois na copa do mundo, porém, a Agencia Mundial Antidoping (WADA, sigla em inglês) afirma que no primeiro julgamento a FIFA “pegou leve” e que agora, o jogador deve ficar sem exercer sua função como jogador por mais dois anos ou maior que isso, fato que vai dificultar muito a carreira do jogador uma vez que já está com 34 anos.

Posicionamento dos Advogados de defesa

Guerrero vai ser representado por dois advogados, o espanhol Juan de Dios Crespo Pérez que para muitos é considerado o “Messi do Direito” e o brasileiro Bichara Neto especialista em Direito Desportivo.

Os dois advogados alegaram que Guerrero não consumiu nenhum tipo de droga ilícita, tudo que aconteceu foi que enquanto a seleção peruana se concentrava em Lima, capital do país, o jogador consumiu um chá que continha folhas de coca, mas não foi proposital, ele não sabia, pois, o chá já estava pronto. “o fato importante é que medimos cocaína e metabolitos no cabelo do Guerrero e não foi encontrado. Isso prova que ele não usou drogas.” Explicou o bioquímico Luiz Claudio Cameron.

Até o momento não se sabe ao certo quando serão divulgados os resultados, mas o que se espera de todas as partes é aconteça “o mais breve possível”.

Paulino Henjengo

Sobre Paulino Henjengo

Paulino Henjengo já escreveu 39 posts nesse site..

Paulino Henjengo Nachipipa Martins, angolano e jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Go). Em Anápolis trabalhou no Jornal Contexto como repórter colaborador, e no Jornal O Bairrista como Repórter e cinegrafista, além de estagiar no Canal 5 como cinegrafista. Atualmente exerce a função de inspetor de ensino na Faculdade Anhanguera de Anápolis desde março de 2015, e é mestrando em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pôs graduando em Docência Universitária pela Faculdade Anhanguera de Anápolis.

1X Bet
Paulino Henjengo
Paulino Henjengo
Paulino Henjengo Nachipipa Martins, angolano e jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Go). Em Anápolis trabalhou no Jornal Contexto como repórter colaborador, e no Jornal O Bairrista como Repórter e cinegrafista, além de estagiar no Canal 5 como cinegrafista. Atualmente exerce a função de inspetor de ensino na Faculdade Anhanguera de Anápolis desde março de 2015, e é mestrando em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pôs graduando em Docência Universitária pela Faculdade Anhanguera de Anápolis.

Artigos Relacionados

Topo