Drenthe: jogador que colocou Marcelo no banco do Real Madrid, se aposentou, virou rapper e hoje joga por clube da 3ª divisão holandesa

- Nessa quarta-feira, o holandês chegou aos 33 anos de vida
Uma promessa não concretizada, Drenthe está na 3ª divisão da Holanda

O início da carreira de Royston Drenthe foi promissor. Isso porque, depois de se destacar no Feyenoord, já havia sido eleito como o melhor jogador da Eurocopa Sub-21 em 2007, assim, se tornou um reforço milionário do Real Madrid, deixando Marcelo no banco. Aos 20 anos, estava em ascensão, mas sua ”queda” foi rápida, e ontem (8) completou 33 anos, na terceira divisão holandesa.

Depois de sumir da elite do futebol, Drenthe segue em atividade pelo modesto Kozakken Boys, clube holandês. Por lá, chegou até conviver com lesões no primeiro semestre, mas já estava se destacando na equipe, até então 6ª colocada na 3ª divisão, antes da paralisação por conta da pandemia. Até por isso, recebeu de aniversária uma renovação de contrato por mais um ano.

A CARREIRA DE DRENTHE

Com apenas 20 anos, Drenthe foi disputado por Manchester United e Barcelona, mas foi para o Real Madrid. Por lá, foi uma decepção, mas até chegou a disputar 65 partidas pelo clube merengue, por qual marcou quatro gols. Três anos depois, foi emprestado para o Hércules, onde considera o principal momento de sua decadência. Isso porque sofreu com atrasos de pagamentos, e assim se envolveu em protesto com greve de jogos, acumulando mais problemas extra-campo.

O retorno ao Real não aconteceu como esperava. José Mourinho o reprimiu por ter participado da greve e não contava com seus serviços. O lateral seguiu por empréstimo para o Everton e, embora tenha tido bons momentos nos gramados, voltou a ter problemas fora de campo, com uma relação conflituosa com David Moyes.

Dessa forma, com o ‘fracasso’ em conseguir a ter outra oportunidade no Real, Rosyton via com bons olhos a possibilidade de retornar ao Feyenoord. Entretanto, não houve nenhum acordo, sendo assim, ali o holandês pensou em abandonar a carreira – chegou a até abrir uma loja de roupas.

APOSENTADORIA, RETORNO AOS GRAMADOS E A VIDA DE RAPPER

Após o término de seu vínculo com o Real Madrid, Drenthe ficou seis meses sem atuar. Até que recebeu um convite do do Spartak Vladikavkaz da Russia na temporada 2012/13. Depois, chegou a jogar no Reading e Sheffield Wednesday, até chegar no Kayseri Erciyesspor da Turquia em 2015. Por fim, sem sucesso, foi para os Emirados Árabes Unidos, atuar pelo FC Baniyas até anunciar sua aposentadoria em julho de 2016.

Dessa forma, Drenthe se dedicou a uma série de atividades empresariais, se tornando também um ‘rapper’. Com o nome de Roya2Faces gravou músicas, investindo em grifes próprias, perfumes, academia e uma série de negócios com seu nome. E em 2018, voltou aos gramados depois de um convite do Sparta Rotterdam.

Por lá, foi titular e terminou como vice-campeão da 2ª divisão holandesa, consequentemente, conquistando o acesso para a Eredivisie. No entanto, não permaneceu na equipe e assinou com o Kozakken Boys, onde está até hoje, e o mesmo garante estar feliz e sem arrependimentos na carreira.

Foto em destaque: AFP

Thiago Lopes

Sobre Thiago Lopes

Thiago Lopes já escreveu 342 posts nesse site..

Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 5º semestre. Com a facilidade de escrever, expressar suas opiniões em debates futebolísticos e com uma cirurgia no menisco colateral direito aos 17, decidiu que seu objetivo profissional seria seguir na área esportiva. Frequentador de arquibancadas, pretende vivenciar e desfrutar o melhor que o futebol proporciona.

365 Scores

BetWarrior


Thiago Lopes
Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 5º semestre. Com a facilidade de escrever, expressar suas opiniões em debates futebolísticos e com uma cirurgia no menisco colateral direito aos 17, decidiu que seu objetivo profissional seria seguir na área esportiva. Frequentador de arquibancadas, pretende vivenciar e desfrutar o melhor que o futebol proporciona.

Artigos Relacionados

Topo