Dois empates marcam a estreia do Grupo 5 da Copa São Paulo

- Apenas dois gols em uma tarde quente em Osvaldo Cruz
Dois empates marcam a estreia do Grupo 5 da Copa São Paulo

Na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019, nada de vitórias no Grupo 5 da competição. Osvaldo Cruz, Mirassol, Atlético-GO e Legião, no geral fizeram jogos abaixo da expectativa para quem acompanhava no Estádio Breno Ribeiro do Val. Os empates do dia, fazem com que a segunda rodada seja ainda mais decisiva.

Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019 – Grupo 5 – 1ª rodada

Osvaldo Cruz 1 x 1 Mirassol

No primeiro jogo do dia, os donos da casa receberam o Mirassol e tiveram dificuldades para sair de campo com um pontinho. Aos 26 minutos da etapa inicial, após um período pressionando o rival, a equipe visitante conseguiu balançar as redes, com a ajuda do lateral-esquerdo Daniel, que jogou contra a própria rede.

Na volta do intervalo o Osvaldo Cruz voltou mais aceso e criou boas oportunidades para marcar. Aos 15 minutos, o mesmo autor do gol contra, se redimiu fazendo boa jogada, tocou para Rafael e lançou Gustavo que só teve o trabalho de balançar as redes. Com o gol, o Azulão continuou pressionando, mas a falta de pontaria foi determinante para o placar ficar no 1 x 1.

(Reprodução/Junior Paschoalotto/TV Fronteira)

Atlético-GO 0 x 0 Legião-DF

Depois de um jogo interessante, o segundo acabou com toda a animação que a torcida tinha no estádio. Sem muitos lances de perigo, goianos e brasilienses não saíram do zero, para desânimo de todos.

Para não dizer que o jogou não teve nenhum chance de gol, aos 36 minutos da primeira etapa, o Atlético-GO tentou em um chute da entrada da área, mas o goleiro William estava atento jogando a bola para fora. Do lado adversário, o Legião tentou assustar no fim da etapa inicial, com Thallison jogando por cima do goleiro e a defesa salvando em cima da linha, e Lucas, que chutou cruzado com perigo ao gol de Gabriel Bernard. Assim o placar ficou mesmo 0 x 0.

(Reprodução/Junior Paschoalotto/TV Fronteira)

E Agora?

Com os resultados, Osvaldo Cruz e Mirassol largam na frente pelo saldo de gols. As equipes voltam a campo no próximo domingo (6), para a segunda rodada. O Osvaldo Cruz a equipe do Legião e o Mirassol encara o Atlético-GO.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 893 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

365 Scores

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo