‘Ditadura’ da era moderna!

Globo proíbe veículos de comunicação de usar imagens em 2019

Ora, o que temos aqui? Um 1964 diante de uma era em que a informação precisa ser relevante, concisa, rápida e intensa. Tudo bem, o primeiro “fio de cabelo” da internet foi encontrado durante os anos 60 e posteriormente expandido nos anos 1990. Eis que a expandindo, temos em meados do século XXI uma ditadura de imagem. Logo após tanto tempo, a Globo, principal fornecedora dos direitos de imagem dos times no Brasileiro não coibirá os Clubes – entidades – de postarem informações instantâneas dos jogos que acontecem.

Os lances capitais serão fornecidos diretamente da emissora, já que, digamos, ela está perdendo espaço diante da plataforma streaming. Janelas de transmissão como Youtube, Instagram e Twitter que filmarem ou fotografarem diante do jogo e reproduzir instantaneamente imagem/vídeo estarão descumprindo contrato com a Globo e serão processados e, dependendo, a conta poderá até ser bloqueada, já que é detentora dos direitos.

Ora, Globo, isto tudo é desespero, a meu ver? Canais como Esporte Interativo e ESPN  ou FOX estão tomando seu lugar, não é verdade? Pois bem, isto se chama ditadura, meu caro. Você deve se lembrar disso no documentário “Muito Além Cidadão Kane”. De golpe você entende bem. O link será disponível abaixo para os entendedores que não entenderem: https://bit.ly/2IZoXLc

Além disso, querida emissora, todos estão vendo seu comportamento. Querem globalizar sem ser globalizada. É isto que ‘vosmecê’ entenderes?! Jamais pensei que em plena era informacional você  (sendo quem é, grande de tal modo) poderia fazer algo assim, no golpe sujo. Parabenizo ao Athletico Paranaense (que deu um baile ao não deixar vocês transmitirem o jogo da final da Copa Sul-Americana). O livro A mídia e a modernidade (Thompson), na página 86 exemplifica bem o que queremos – nós espectadores – entender: “Os indivíduos que assistem à televisão suspendem, até certo ponto as coordenadas de espaço e de tempo do cotidiano e temporariamente se transportampar a um diferente conjunto de coordenadas espaço-temporais; tornam-se viajantes (…) envolvidos numa transição com diferentes estruturas espaço-temporais de experiências mediadas de outros tempos e lugares com suas próprias experiências cotidianas”.Em suma: você quer nos controlar. Mas, não, não viveremos numa ditadura mais. Mudou-se. E mudou-se a era. A era é tecnológica. Aceitem.

Gabriel Francisco

Sobre Gabriel Francisco

Gabriel Francisco já escreveu 25 posts nesse site..

Nascido em 1996, Gabriel é escritor, poeta e cronista esportivo. Recentemente entrou para a Academia de Letras de Belo Horizonte pelo lançamento do seu livro "O Mistério de Suzan Cross". Aspirante a jornalista e radialista esportivo, produziu contos como "Copa da Zebra", entrevistou o jogador Pedro Rosa, em exclusivo, e produziu o conto do futebol feminino com "Clara Rodrigues, a menina dos ovos de ouro".

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Gabriel Francisco
Gabriel Francisco
Nascido em 1996, Gabriel é escritor, poeta e cronista esportivo. Recentemente entrou para a Academia de Letras de Belo Horizonte pelo lançamento do seu livro "O Mistério de Suzan Cross". Aspirante a jornalista e radialista esportivo, produziu contos como "Copa da Zebra", entrevistou o jogador Pedro Rosa, em exclusivo, e produziu o conto do futebol feminino com "Clara Rodrigues, a menina dos ovos de ouro".

Artigos Relacionados

Topo