Diegol Showza define na Primeira Liga

Cruzeiro e Fluminense fizeram um clássico nacional dos mais calorosos e interessantes de se ver. Sete gols durante a partida. Um jogo histórico, pra muito carioca, mineiro e brasileiro nenhum colocar defeito e que, de fato, ficará na memória por algum tempo. E com muito suor, o Flu bateu a raposa por 4 a 3 e venceu a primeira na Liga Sul Minas Rio.

A partida aconteceu no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira, 17, pela segunda rodada da Primeira Liga.

Diego Souza foi o destaque da partida com três gols e uma assistência para Gustavo Scarpa. Mas os cruzeirenses também tiveram um destaque, Rafael Silva marcou duas vezes para os mineiros.

O jogo foi cheio de reviravoltas no marcador e uma correria do começo ao fim. Um jogo bom de se acompanhar. Partida quente desde o começo, com muita disposição e velocidade dos dois lados. Ambos jogaram sem aquele centroavante fixo, de área. Fred está suspenso pelo lado dos cariocas e Willian ainda sem condições de jogo do lado mineiro. Então, jogaram com atacantes leves e de velocidade. Scarpa e Marcos Junior no Flu e Rafael Silva e De Arrascaeta na Raposa.

Com tanto ímpeto e velocidade, o placar foi inaugurado logo aos quatro minutos, Sánchez Miño tabelo com Arrascaeta, que enfiou belo passe para Rafael Silva dentro da área, cara a cara com Diego Cavalieri. O goleiro tricolor saiu do gol para tentar a defesa, mas Rafael o driblou o e abriu o placar para os mineiros, 1 a 0 Cruzeiro.

O Fluminense não deixou barato e foi pra cima. Diego Souza cruzou da esquerda e a bola bateu no braço de Fabiano, dentro da área, pênalti. Diego converteu, aos 28, empatando a partida.
Aos 34, Wellington Silva avançou pela direita e rolou para Diego Souza fazer o segundo dele e dos cariocas, 2 a 1 Fluminense, virando a partida. Mais três minutos, e o Flu fez mais um. Gustavo Scarpa recebeu passe milimétrico do inspirado Diego Souza e soltou o pé, bola na rede, 3 a 1, ainda no primeiro tempo. Mas o time celeste não desanimou e foi ao ataque. Rafael Silva, de novo marcou. O atacante aproveitou belo cruzamento de Fabiano, aos 43 minutos da primeira etapa e cabeceou para o fundo do gol de Cavalieri. Fim de primeiro tempo sobre aplausos de todos os torcedores do adversário.

Na segunda etapa, os mineiros foram determinados a buscar o empate. Jogando em casa e com o apoio da torcida, o empate veio. Aos 20 minutos, Élber, que havia entrado no lugar de Sánchez Miño, disparou pela ponta direita e tocou para Arrascaeta. O uruguaio bateu de primeira igualando o placar. Que jogo!
Mas o Fluzão tinha Diego Souza, a noite era dele. O camisa 10 tricolor estragou o ânimo cruzeirense. O volante Douglas chutou, Fábio bateu roupa, e no rebote, fez pênalti escandaloso em Felipe Amorim. O maestro dos cariocas foi para a cobrança e numa pancada fez hat-trick dele no jogo. Fim de papo. Cruzeiro 3 x 4 Fluminense.

O resultado mantém o Atlético-PR na liderança, com três pontos e saldo de um gol. O time paranaense ainda joga a segunda rodada contra o Criciúma, na próxima semana. O Fluminense é o segundo com três pontos e saldo zero. O Criciúma tem um ponto e saldo zero, e o Cruzeiro é o lanterna, com um ponto e saldo negativo de um gol.

Os times voltam a jogar pela Primeira Liga somente em março. Dia 9, em uma quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), o Cruzeiro recebe o Atlético-PR, no Mineirão. Um dia depois, às 21h30, o Fluminense encara o Criciúma. O local desta partida ainda não está definido.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1111 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo