Desclausurando o Uruguaio #1 – Sistema de disputa

Apertura, Intermédio e Clausura: três torneios em um mesmo campeonato. Conheça-o através de uma analogia com o futebol brasileiro

Desclausurando o Uruguaio é uma coluna que explora curiosidades sobre o futebol Charrua, a fim de dividir tudo o que acontece, como, quando e por quê. Tudo em primeira mão sobre o campeonato que vem ganhando muito destaque no Brasil. E aí, vamos nessa? Embarque com a gente e “desclausure-se”!

Campeonato Uruguaio é um pouco confuso e para salientar alguns pontos, vamos utilizar alguns dados do futebol brasileiro para ficar melhor elucidado o formato/sistema de disputa do torneio. O Campeonato Uruguaio é dividido em três partes: AperturaIntermédio e Clausura.

  1.  O campeão do Apertura foi o Nacional, torneio este equivalente ao 1º turno do Brasileirão, como se o São Paulo fosse o Nacional (dados 2018).
  2.  O Intermédio é como se fosse uma Copa do Brasil, também vencido pelo Nacional, mas que, neste caso, será representado pelo Cruzeiro (dados 2018).
  3.  O campeão do Clausura foi o Peñarol, torneio este equivalente ao 2º turno do Brasileirão, onde a equipe carbonera seria o Palmeiras (dados 2018).

Para se definir o campeão uruguaio de 2018, o vencedor do Apertura enfrenta o do Clausura em jogo único que, no caso, foi Nacional x Peñarol. Ou, na nossa analogia, São Paulo x Palmeiras.

O vencedor desta partida enfrentaria a equipe de melhor campanha da tabela geral (que soma os pontos de todos os três torneios) em dois duelos para definir o campeão geral. Neste caso, o Peñarol foi o melhor da tabela geral ou, em nossa analogia, o Palmeiras.

Assim sendo, o se o Nacional vencesse o Peñarol neste jogo único, haveriam mais dois jogos entre as equipes para que o Tricolor tentasse ser campeão, pois os Aurinegros tinham a vantagem por ter sido líder da tabela anual. Porém, como o Peñarol venceu, não houve necessidade de mais dois jogos. Ou seja, é como se o Palmeiras tivesse uma vantagem contra o São Paulo por ter a melhor campanha do campeonato e tivesse vencido o jogo de decisão entre os campeões de turnos.

E aí você se pergunta: para que serve o Torneio Intermédio que equivale a uma espécie de Copa do Brasil? No Uruguai não há uma Copa do Uruguai. Então, o Intermédio não dá vaga a Libertadores, mas, sim, para a Supercopa Uruguaya, que é realizada em janeiro do ano seguinte (27 de janeiro de 2019, na ocasião). O campeão dele, Nacional, no caso, ou Cruzeiro na analogia, enfrenta o campeão uruguaio, o Peñarol, ou o Palmeiras na analogia. Ou seja, teremos mais um Superclássico Uruguaio decisivo em 2019.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 949 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

1X Bet
Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo