Defensor Sporting x Grêmio – Reencontro após 11 anos

Time uruguaio caiu nos pênaltis para os gaúchos nas quartas de final da Libertadores de 2007, última vez que se enfrentaram
Defensor Sporting x Grêmio - Reencontro após 11 anos

A espera enfim terminou. Após um longo tempo de espera, os torcedores do Defensor Sporting terão a chance de voltar a vencer o Grêmio em uma Libertadores, isto porque o time gaúcho foi algoz dos uruguaios em 2007, pelas quartas de final da Libertadores, na qual os Violetas venceram no Uruguai por 2 x 0 e os portalegrenses deram o troco no Brasil, pelo mesmo placar, os eliminando nos pênaltis. Mas desta vez o duelo é pela fase de grupos. O Grêmio, entra como campeão da América e o Defensor como vice-campeão uruguaio. O jogo acontece hoje (27), às 19h15, no Estádio Luís Franzini, em Montevidéu.

DEFENSOR SPORTING

O time da casa fez um excelente Campeonato Uruguaio no ano passado, sendo campeão do Apertura e vice do Clausura, ainda brigando ponto a ponto com o Peñarol pelo título final. Já na temporada 2018, faz uma campanha boa, mas nada para se orgulhar. Atualmente está na 5ª posição no uruguaio, com sete pontos. São duas vitórias, ambas contra times que acabaram de subir de divisão (Torque e Atenas) e um empate na última rodada contra o lanterna da competição, Rampla Juniors por 1 x 1.

Sensação do Apertura, Progreso perde a primeira; Nacional segue líder
Defensor Sporting empata fora de casa com lanterna do Apertura 2018 | Foto: Tenfield UY

Na única vez que enfrentou um time grande no Apertura, perdeu para o Danubio, por 2 x 1. O time uruguaio já tomou quatro cartões vermelhos em quatro partidas em 2018, o que mostra um certo desequilíbrio do time. Dois vermelhos e sete amarelos foram só no último jogo. Será que vem jogo duro por aí? O treinador das Violetas de Eduardo Acevedo, comentou sobre o rival antes da partida:

“Grêmio é uma equipe muito sólida, muito segura de si mesma e sabem como lidar com os tempos dos jogos muito bem. É o campeão da América e podemos ter uma série de contratempos para enfrentá-los, mas o principal é o resultado e a entrega. Temos de nos concentrar ao máximo durante os 90 minutos e sermos objetivos. Estamos em casa e temos que mostrar quem manda em casa”, disse Acevedo

Treinador do Defensor, Eduardo Acevedo falou sobre o Grêmio antes da partida | Foto: Twitter Defensor Sporting

Como jogam

Os anfitriões são um time veloz e criativo e com um bom sistema defensivo. Utilizam um sistema de três zagueiros (3-5-2), sendo versátil ao 4-4-2 com a ida de Ernesto Goñi para a esquerda e o recuo de Suárez para a lateral direita. O atacante Germán Rivero, recém-contratado, é um dos destaques do time na temporada 2018, já tendo marcado dois gols. Facundo Castro é o mais perigoso. Meia-atacante de mobilidade, velocidade, habilidade e criação de jogadas.

O time ainda conta com o jovem Ayrton Cougo, que faz a meia-esquerda e também a lateral, além de muito veloz, Mathías Suárez, que joga do lado direito e também com velocidade e Cabrera, que joga de segundo volante e meia, tendo a qualidade técnica como um diferencial. É um time em início de temporada, fez poucos jogos, ainda está desentrosado no nacional, mas não se pode subestimar, ainda mais fora de casa. Atualmente é a terceira força do Uruguai.

Time da casa treina para enfrentar o atual campeão da Libertadores em casa | Foto: Twitter Defensor Sporting

GRÊMIO

O time gaúcho foi recentemente campeão da Recopa Sul-Americana em cima do Independiente-ARG, nos pênaltis. O grupo perdeu algumas peças importantes desde a conquista da Libertadores 2017, como o volante Arthur, que novamente sentiu dores mais musculares e não viajou para o Uruguai, além do que seu nome circula por Barcelona, onde o jogador deve ir para mais cedo ou mais tarde. Centroavante que voltou a viver boa fase no Grêmio no ano passado, o paraguaio Lucas Barrios acertou sua transferência para o Argentinos Juniors e não faz mais parte da equipe de Renato Gaúcho. O lateral direito Edílson foi negociado com o Cruzeiro, e também Fernandinho é outro que não está mais no time, voltou de empréstimo para o chinês Chongqing Lifan.

Elenco gremista já treina no Uruguai para a estreia na Libertadores 2018 | Foto: Twitter Grêmio

Como jogam

Mas o elenco gremista segue forte e ainda tem o melhor jogador da última Libertadores: Luan. O craque brasileiro ainda não saiu, por incrível que pareça. Os imortais ainda têm a volta do capitão Maicon, que ficou afastado ano passado por lesão. A zaga segue firme com Kannemann e Geromel, além do goleiro Marcelo Grohe.

O ataque deve ficar por conta de Cícero, improvisado. Jael vinha sendo titular no Gaúchão e fazendo gols, mas deve ser opção para a segunda etapa. De contratações mesmo vieram Hernane Brocador, atacante do Bahia, Madson, lateral direito do Vasco da Gama, Alisson, atacante do Cruzeiro e Paulo Miranda, zagueiro do Red Bull Salzburg. No estadual os visitantes chegaram a usar o time reserva, o que os colocou na zona de rebaixamento. Mas com a volta dos titulares tudo deve ser normalizado.

Grêmio vai de uniforme novo para a disputa da Libertadores 2018 | Foto: Twitter Grêmio

No histórico de confrontos vantagem para os donos da casa, duas vitórias e uma derrota, além de um empate.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Defensor Sporting (3-5-2): Reyes; Maulella, Correa e Ernesto Goñi; Mathías Suárez, Cardacio, Cabrera, Benavídez e Ayrton Cougo; Germán Rivero e Facundo Castro. Téc: Eduardo Acevedo.

Grêmio (4-3-3/4-2-3-1/4-1-4-1): Marcelo Grohe; Madson, Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson, Maicon e Ramiro; Everton, Luan e Cícero. Téc: Renato Gaúcho.

Foto/Reprodução Ovación Digital
Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1099 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo