Defensor goleia Wanderers e sobe para 3º lugar na tabela anual do Uruguaio

Rodada de sábado ainda teve todos os times recém-promovidos em campo e nenhum deles venceu, sendo dois empates por 1 x 1

Na abertura da 11ª rodada do Campeonato Uruguaio, atrasada em uma semana devido as fortes chuvas no Uruguai no último fim de semana, três jogos aconteceram neste sábado (6). Dos três jogos, apenas o Defensor Sporting venceu. Os Violetas bateram o Montevideo Wanderers por 3 x 0 em casa. Nos outros dois jogos, empates de 1 x 1 para não deixar ninguém feliz. Veja todos os detalhes do Campeonato Uruguaio.

Clausura Uruguaio – 11ª rodada

Torque 1 x 1 Atenas

Com o Torque em busca de uma vaga na Copa Sul-Americana 2019 e o Atenas lutando para fugir do rebaixamento, o empate não ficou bom para ninguém. Os visitantes tentaram duas vezes fora da área no início da partida e na terceira acertaram o alvo, logo aos sete minutos, num forte chute de José Álvarez no canto, sem chances para o goleiro Cristopher Fiermarin. A equipe carolino continuou a dominar o jogo e impunha perigo aos donos da casa que começaram desligados na partida. Se não fosse pela falta de pontaria, os comandados de “Tato” Ortiz poderiam ter ampliado a vantagem.

No início da etapa final, o Torque rapidamente chegou ao empate. Pablo Olivera apareceu sozinho no meio da área, teve tempo para dominar, ajeitar e, com um chute poderoso, igualou tudo. Com o empate, surpreendentemente, o jogo ficou completamente perdido. Nenhuma das equipes tinha a clareza necessária para organizar as jogadas. Nos últimos 15 minutos, os times tentaram acelerar a partida, num sprint final, para tentar vencer e tiveram chances, mas a falta de pontaria novamente jogou contra. Embora seja verdade que todo ponto celeste sirva para continuar consolidando seu primeiro grande objetivo (permanência), foi o sentimento tanto dos jogadores quanto da arquibancada de que era uma partida para somar vencer.

https://twitter.com/catorque/status/1048677097336725506

Progreso 1 x 1 Liverpool Montevideo

Com o Progreso tendo o mesmo objetivo do Torque, vaga na Copa-Sul-Americana 2019, o empate poderia ficar com gosto amargo, ainda mais por terem vencido a partida toda e ter levado o gol a quatro minutos do fim da peleja, mas não foi o que aconteceu. Com um Liverpool muito superior na partida, levando muito mais perigo, a igualdade esteve de bom tamanho para os mandantes. Os torcedores negriazules lamentaram as oportunidades desperdiçadas que não lhes permitiu vencer fora de casa. A cena se repete de novo e de novo, tanto no primeiro tempo, como no complemento, com o carrasco sendo o de sempre: Sebastián Fuentes. O goleiro de Progreso defendeu seis chances claras de gol, impedindo os visitantes de abrir o placar.

O jogo teve uma única tônica: o Liverpool indo para o ataque, pressionando e tentando o gol, e o Progreso se segurando para não sofrer gol e tentando tirar proveito de uma bola parada. A velocidade, que costuma ser uma arma muito perigosa da equipe de Marcelo Méndez, não foi bem executada, embora a defesa visitante tenha dado espaços. Na vez que chegaram, Gonzalo Castillo abriu o placar para os anfitriões aos 33′.

Na segunda etapa, o Liverpool continuou dominando, mas, por mais que buscassem o empate, sempre esbarravam num paredão chamado Sebastián Fuentes. O arqueiro gaúcho estava impossível. Porém, como diz o ditado, “tanto bate até que fura”, furou. Numa altura em que os negriazules estavam mais com o coração do que com o futebol, numa bola cruzada, Leonardo Melazzi deixou tudo igual, a apenas quatro minutos do fim do tempo regulamentar. Nos acréscimos, toda a equipe visitante protestou contra uma suposta mão dentro da área após um chute de Clementino González. O árbitro Jonathan Fuentes ignorou e finalizou a partida.

Defensor Sporting 3 x 0 Montevideo Wanderers

No principal jogo do sábado, Defensor SportingMontevideo Wanderers não deram um espetáculo, isto porque só um time jogou. Nos primeiros minutos, os liderados de Eduardo Acevedo saíram para pressionar os visitante com marcação sob pressão, no campo do rival. Os boêmios insistiram com a saída de bola sem chutões, no toque de bola, e os erros começaram, então, a aparecer. Aos 18′, os Violetas tiveram uma chance de marcar, mas Rabuñal mandou para fora. O Wanderers melhorou e fechou a primeira etapa com mais oportunidades marcar o primeiro, com Blanco, mas o capitão albinegro demorou a definir e mandou em cima de Reyes.

https://twitter.com/DefensorSp/status/1048661706606559233

Logo veio o gol no começo da segunda etapa. Aos 50′, Álvaro Narravo inaugurou o marcador. Após o primeiro gol do jogo, o Wanderers estava prestes a empatar, começando a pressionar. Esse foi o momento em que o goleiro Reyes apareceu com uma dupla defesa fenomenal, primeiro para Riolfo e depois para Albarracín quando o gol parecia certo. Os donos da casa responderam e o segundo gol saiu, com o jovem Laquintana, que foi bem marcado no primeiro tempo, mas com técnica e velocidade conseguiu seu gol. O técnico visitante, Eduardo Espinel, mandou Bellini, Araújo e Martínez a campo, mas ele não conseguiu mudar o resultado do jogo, apesar de o Wanderers não ter se entregue. No final, um cabeceio de Cristóbal resolveu o jogo, a cinco minutos do fim. A vitória coloca o Defensor Sporting parcialmente no 3º lugar na tabela anual, em vaga de Libertadores.

https://twitter.com/CougoAyr/status/1048711787770781697

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1165 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo