Cruzeiro x Huracán – Manter a invencibilidade é garantir a classificação nas oitavas da Libertadores

Equipe de Mano Menezes busca quarta vitória seguida na competição contra o lanterna do grupo nesta quarta-feira (10)
Cruzeiro x Huracán - Manter a invencibilidade é garantir a classificação nas oitavas da Libertadores

Cruzeiro e Huracán se enfrentam pela segunda vez na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2019. Na primeira, e também estreia das equipes pelo Grupo B, vitória da brasileira por 1 x 0 fora de casa. Para esta 4ª rodada, que acontece nesta quarta-feira (10), às 19h15 (horário de Brasília), no Mineirão, o mandante está próximo de se classificar à próxima fase da competição. Líder invicto, soma nove pontos e um ótimo desempenho, e tem pela frente o lanterna do grupo, que até agora só conquistou um empate sem gols.

CRUZEIRO

A Raposa vive ótima fase tanto dentro como fora do Brasil: é finalista contra o Atlético-MG no Campeonato Mineiro Gaúcho e está bem próximo de seguir para o mata-mata das oitavas de final da sul-americana. Para continuar a sequência de vitórias, Mano Menezes tem todos os jogadores à disposição e, por isso, mantém a mesma base dos outros jogos tendo a possibilidade de fazer algumas alterações ao longo dos 90 minutos. Apesar da invencibilidade, o técnico faz um alerta sobre o confronto contra os hermanos, pois eles sabem da importância deste jogo e vão entrar em campo com força total:

“Eu já disse aqui que na Libertadores não tem facilidade. Se nós olharmos para as dificuldades dos clubes brasileiros e argentinos, que são os dois países com mais tradição, a comprovação está aí, pois só temos duas equipes argentinas que venceram até agora na Copa Libertadores da América. As nossas equipes também e apesar de algumas iniciarem com um pouco mais de vantagem, ela já diminuiu. Então, sabemos que não se pode descuidar e achar que venceu antes da hora, porque a Libertadores não te perdoa em quase nada, não te perdoa grandes erros, em perder na sua casa.”

No futebol tudo pode acontecer e mesmo que este jogo possa classificar a Raposa às oitavas de final, nada de cantar vitória antes da hora como disse o jogador Egídio:

“O Mano nos alerta muito para a gente manter nossa concentração, os pés no chão, manter a nossa pegada que está sendo muito bem vista. A gente sabe do nosso valor, de vestir esse manto tão grandioso. A sequência é muito boa, que essa invencibilidade permaneça por muito tempo. Somos o único clube da Séries A e B que ainda não perdeu. É continuar com nossa linha de defesa muito forte e o ataque aproveitando as oportunidades e fazendo os gols.”

Provável Escalação: Fábio; Edílson, Léo, Dedé e Dodô; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Fred. Técnico: Mano Menezes.

HURACÁN

Na lanterna do grupo com apenas um ponto, do empate contra o equatoriano Emelec por 0 x 0 fora de casa, a equipe argentina sabe do desafio de enfrentar o Cruzeiro nesta 4ª rodada da Libertadores. Tarefa difícil, mas não impossível. Pelo Campeonato Argentino, a vitória sobre o Atletico Tucuman por 2 x 0, no último domingo (7), em seu domínio, dá mais confiança para que a equipe conquiste os primeiros três pontos:

“Eles (clubes brasileiros) têm uma maneira de jogar que conhecemos aqui na Argentina: jogam muito bem o futebol. Além disso, cada vez mais, estão trazendo jogadores da Europa. Agora, por exemplo, contrataram Pedro Rocha. Tecnicamente eles são muito bons, mas também sabem que os argentinos jogam de outra maneira, gostam do contato, e é isso que vamos buscar na partida”, disse o atacante Lucas Barrios.

“Eles têm um jeito de fazer as coisas que conhecemos na Argentina: eles jogam futebol muito bem. Além disso, cada vez mais, eles estão trazendo jogadores da Europa. Agora, por exemplo, Pedro Rocha retornou. Tecnicamente eles são muito bons, mas eles também sabem que o argentino joga de forma diferente, que ele gosta do atrito, então vamos procurar o nosso jogo. Nós esperamos trazer algo. Ir para lá não é fácil, mas sabemos que, por exemplo, o Libertad venceu o Gremio no outro dia ou aquele River empatou com o Inter. Há muitos resultados que são dados e nós podemos ir buscar o nosso”, disse o centroavante Chaves.

Provável Escalação: Silva; Chimino, Salcedo, Mancinelli e Alderete; Auzqui, Rossi, Damonte e Roa; Lucas Gamba e Lucas Barrios. Técnico: Antonio Mohamed.

RETROSPECTO

As equipes já se enfrentaram três vezes e todas pela Copa Libertadores: duas em 2015 e uma este ano. O  placar é equilibrado com uma vitória para cada e um empate, sendo 0 x 0 na estreia tendo o Cruzeiro como mandante, 3 x 1 para o Huracán em solo argentino e 1 x 0 para o time brasileiro fora de casa pelo jogo mais recente da competição.

Beatriz do Vale

Sobre Beatriz do Vale

Beatriz do Vale já escreveu 352 posts nesse site..

Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Beatriz do Vale
Beatriz do Vale
Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

Artigos Relacionados

Topo