Croácia 100% e mais uma vez sendo a pedra no caminho islandês

- As duas equipes jogaram pela terceira rodada do Grupo D da Copa do Mundo
Croácia 100% e mais uma vez sendo a pedra no caminho islandês

Na Arena Rostov, a Croácia já estava classificada, mas queria terminar a primeira fase com o 100% de aproveitamento na Copa do Mundo. Do outro lado, tinha a Islândia, um novato duro de se enfrentar, que buscava uma vitória e uma classificação histórica na competição. Melhor para o time de Modric e cia. que sofreu, mas conseguiu os três pontos que elevam a moral do time para a próxima fase da competição.

Primeiro Tempo

O jogo começou bastante estudado pelas duas equipes, porém era a Croácia quem ficava mais com a bola. Na metade do primeiro tempo, eram 72% de posse de bola para o time croata, mas sem objetividade e algumas tentativas frustradas de chutes de fora da área, com Modric, único titular croata em campo. Buscando os contra-ataques, a Islândia se fechou bastante, encontrou algumas oportunidades, mas falhava na hora do passe certeiro.

A primeira boa oportunidade do jogo, só veio aos 27 minutos, em um lateral cobrado por Gunnarson, e Magnússon conseguiu desviar, mas não tinha ninguém para colocar a bola no gol. A partir daí, o jogo esquentou e a Islândia dominou a partida. Em outra bola vinda de lateral, novamente Magnússon cabeceou firme, mas jogou a bola para fora.

Aos 37 minutos, Perisic chutou da entrada da área, mas ela passou sem perigo no lado direito de Halldórsson. Dois minutos depois, Sigurdsson recebeu cruzamento rasteiro e chutou colocado, mas a bola pegou somente no lado de fora da rede. A chance mais perigosa da Islândia veio aos 45 minutos, em outro cruzamento, Kalinic afastou mal e Bjarnason tentou pegar de primeira, mas a defesa estava atenta para afastar o perigo, e o primeiro tempo terminou mesmo em 0 x 0.

Finnbogason chutou perigoso contra a meta de Kalinic (Reprodução/Reuters)

Segundo Tempo

O segundo tempo começou com a Islândia melhor, mas foi a Croácia que quase chegou num chute de Badelj, a bola beijou o travessão, porém no lance seguinte, o próprio Badelj conseguiu balançar as redes, de voleio, após rebote no escanteio. A Islândia não se acomodou e partiu para cima, e aos 27 minutos, Bjarnason perdeu sozinho, após o cruzamento de Finnbogason. Dois minutos depois, pênalti para a Islândia, após Lovren colocar o braço na bola. Sigurdsson foi para a bola e converteu, empatando o jogo.

Cobrança de Finnbogason e gol da Islândia (Reprodução/Reuters)

O jogo ficou aberto com a Islândia buscando um gol a todo custo, que naquele momento lhe traria a classificação, e a Croácia aproveitou os contra-ataques para assustar o adversário. Em um desses, Kramaric chutou da entrada da área e colocou a bola bem perto do gol adversário, mas 44 minutos não teve jeito. Perisic recebeu belo passe, com velocidade ganhou do marcador para chutar cruzado e fazer o gol da vitória da Croácia, deixando o time 100% na competição e sendo mais uma vez  a pedra no sapato islandês, que está fora da Copa do Mundo.

Perisic foi o autor do gol da vitória croata (Reprodução/Reuters)

E agora?

Com o resultado, a Croácia conseguiu sua classificação em primeiro do grupo D, e agora terá a Dinamarca pela frente nas oitavas de final da Copa do Mundo. Já a Islândia, deve voltar a campo somente em outubro, contra a França, em amistoso que deve ser disputado em território francês.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 893 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

365 Scores

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo