Coritiba perde pênalti, e Tubarão morde um ponto no Couto Pereira

Coxa pressiona, vê seu artilheiro Rodrigão errar a cobrança de penalidade e perde dois pontos em casa para o Londrina

Jogando em casa, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, no Paraná, o Coritiba recebeu o Londrina pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2019. Sob o olhar de mais de 34 mil pessoas, o Coxa não saiu do empate sem gols com o Tubarão. No duelo, os mandantes pressionaram, perderam pênalti e acabaram por perder dois pontos em seus domínios. Porém, por outro lado, o LEC mordeu um, mesmo com o time recheado de desfalques.

1º tempo

Com as duas equipes invictas, o jogo prometia um grande duelo, apoiados pelo bom público. Entretanto, nos primeiros 45 minutos, ninguém criou oportunidades claras de gol, com os meias defensivos e às zagas travando os ataques. Os visitantes começaram melhor, mas, pelo fato de jogar em casa, o Coxa esteve mais perto de abrir o placar. Assim, no primeiro terço da etapa regular, aos 15′, Giovanni alçou bola na área. Wellington Júnior conseguiu passar pela marcação, mas chutou para fora. E ele chegou de novo, cerca de 10 minutos mais tarde. O camisa 18 cobrou escanteio fechado na área e quase fez gol olímpico. Contudo, a bola bateu na trave e saiu.

O meia-atacante estava com sede de vitória e tentou mais uma vez, aos 31′. Porém, chutou forte de fora da área e o goleiro Matheus Albino fez ótima defesa. O Tubarão respondeu no fim com um contra-ataque. Marcelinho invadiu a área pela direita e mandou pela linha de fundo. Ainda deu tempo de Rodrigão tentar encobrir Matheus. O goleiro do LEC errou no tiro de meta, Rodrigão recuperou, avançou sem marcação e tentou por cobertura, mas bateu fraco e a bola bateu em Albino, que defendeu a finalização.

+++ Está participando do bolão do Brasileirão da empresa ou dos amigos e tem dúvidas para fazer seu palpite? O Futebol na Veia pode te ajudar! Clique aqui!

2º tempo

No complemento os visitantes melhoraram. Desta forma, criaram chances para decidir, mas desperdiçaram devido a força da defesa rival. O Coxa então saiu para a pressão. Aos dois minutos, Diogo Mateus cruzou, Rodrigão desviou e Patrick Brey fez Matheus Albino trabalhar. Na sequência do lance, Wellington Júnior tentou duas bicicletas, mas errou o gol. Aos 19 minutos, Rodrigão sofreu pênalti ao ser puxado por Sílvio na área. Com média de um gol por jogo, o goleador foi para a bola. Todavia, na tentativa de tirar a bola do goleiro, chutou rasteiro para fora.

Aos 25 minutos, faltou muito pouco para o Tubarão marcar. Anderson Oliveira arriscou de longe, Wilson espalmou para cima. A bola foi para trás e estava entrando, mas o goleiro coxa-branca conseguiu se recuperar e salvou a bola. O Londrina teve outra chance com Higor Leite, que puxou o contra-ataque, invadiu a grande área e bateu forte, mas mandou à direita do gol. Mesmo com o jogo tenso devido a afobação em busca do gol, Wilson teve sangue frio para tirar a bola dando um chapéu em Uelber. Os anfitriões tentaram até o fim, porém desperdiçou as chances criadas. Com isso, o gol não saiu para nenhum lado.

E agora?

Com o resultado, o Coritiba fica provisoriamente na 4ª colocação, com a rodada em andamento, tendo cinco pontos. Já o Londrina é o vice-líder, com sete pontos, um a menos que o líder Botafogo-SP, com 100% de aproveitamento. Na próxima rodada, o LEC enfrentará o Bragantino, no sábado (18), às 11h (horário de Brasília), em casa, no Estádio do Café. Já na segunda-feira (20), às 20h (horário de Brasília), o Coxa visitará o CRB no Rei Pelé, em Maceió.

Melhores Momentos

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1108 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo