Corinthians x Grêmio – Ataques poderosos disputam vaga na semifinal da Copinha

Com 25 e 20 gols marcados, respectivamente, paulistas e gaúchos estão entre os times que mais balançam as redes adversárias e colocarão à prova quem tem o melhor poderio ofensivo

Pelas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019, o Corinthians recebe o Grêmio nesta sexta-feira (18), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena Barueri, em Barueri, na grande São Paulo. O Timão chega a esta fase da competição após golear o Visão Celeste por 8 x 0, sendo esta a maior goleada desta edição. Do outro lado, o Tricolor Gaúcho venceu o Osasco Audax por 3 x 0.

Corinthians

Os Garotos do Terrão estão voando. A equipe começou a fase de grupos sob olhares de desconfiança, levando gol de times pequenos, mas vencendo, sobretudo. Mas a partir da segunda fase tudo mudou. O time está embalado e agora tem o melhor ataque da competição com 25 gols marcados, média superior a quatro gols por partida. Além do bom ataque, o retrospecto recente contra gaúchos na competição favorece os paulistas. Foram cinco jogos desde 2011 e o Alvinegro tem 100% de aproveitamento, com 26 gols pró e apenas quatro contra. O último jogo aconteceu nas oitavas de final da Copinha de 2017, quando o Timãozinho eliminou o Internacional por 3 x 1, com um dos tentos sendo marcados pelo artilheiro da equipe no torneio: Fabrício Oya.

Com seis gols, Oya é o principal jogador do time. Está em sua quarta e última Copinha e esta edição será o momento certo de mostrar seu futebol ao técnico do time principal, Fábio Carille, que observa os jogos da base já buscando reforços para o grupo de cima. Além do camisa 10, o clube de Itaquera ainda tem o atacante Nathan, com cinco gols feitos, como outro destaque, uma vez que saiu do banco para roubar a posição de titular de João Celeri que, mesmo agora na reserva, anotou quatro tentos. O meio-campista Roni é outra peça fundamental no grupo. Vindo da linha de trás do meio-campo, já guardou quatro gols.

https://twitter.com/Corinthians/status/1086246833490321408?s=19

“Ainda não tive a oportunidade de olhar o material do Grêmio, mas eu falo que a gente vem trabalhando jogo a jogo. A partir de agora, vou preparar a equipe. Em qualquer circunstância, jogar contra o Grêmio é sempre muito difícil”, afirmou o treinador Eduardo Barroca sobre o adversário de hoje.

Provável escalação: Diego; Igor, Jordan, Ronald e Caetano; Du, Roni e Fabricio Oya; Janderson, Rafael Bilu e Nathan. Técnico: Eduardo Barroca.

Grêmio

Imortal ainda luta pelo inédito título da Copinha. O time está invicto: são seis jogos, sendo cinco vitórias e um empate. A equipe do Rio Grande do Sul já marcou 20 gols no torneio, sendo o terceiro melhor ataque do torneio atrás de Corinthians e São Paulo. Na tarde de ontem o técnico César Lopes finalizou a preparação do Tricolor Gaúcho para o duelo e a base do time deve ser mantida. Vale ressaltar que, devido à dificuldade das recentes partidas, os garotos gremistas treinaram cobranças de pênaltis.

Uma das referências do time é o atacante Da Silva, autor de cindo gols em seis jogos. Os outros gols da equipes são divididos entre 10 jogadores. Para o capitão gremista, Jhonata Varela, a união e o comprometimento dos jogadores são os diferenciais para o Tricolor buscar a classificação:

“Será uma partida muito complicada. O Corinthians tem uma grande equipe, tem tradição na competição, mas estamos confiantes e sabemos da nossa força. Será um jogo decidido por detalhes, então, é entrar os 90 minutos focados, marcando forte e aproveitando as oportunidades para buscarmos essa classificação. A união do grupo, todos com o foco no mesmo objetivo e a vontade de vencer acho que são fatores primordiais na nossa equipe. Então, é seguir fazendo nosso melhor, pensar jogo a jogo para buscarmos nosso objetivo principal. Estamos fazendo uma ótima campanha e é manter os pés no chão. Todos os jogadores estão dando o seu melhor cada partida, se doando ao máximo e os resultados estão vindo”, afirma Varela.

Provável escalação: Gabriel Chapecó; Léo Bicca, Emanuel, João Guilherme e Kazu; Jhonata Varela, Fernando Henrique e Gabriel Biteco; Jhonata Robert, Guilherme Azevedo e Da Silva. Técnico: César Lopes.

Retrospecto

Será a primeira vez desde o ano 2000 que as equipes se encontram na Copinha. Em três duelos na história, o Alvinegro venceu duas e foi superado uma vez. Venceu em 1985 (2 x 1) e 1993 (5 x 1) e perdeu em 2000 (0 x 1).

Na atual edição, o Corinthians iniciou a Copinha com duas vitórias e um empate na fase de grupos. Vitória por 3 x 2 sobre o Capital/Ricanato-TO, triunfo por 4 x 1 sobre o Sinop-MT e a igualdade foi contra o Ituano por 2 x 2. Avançando na liderança, pegou o Porto-PE na 2ª fase e emendou uma goleada por 6 x 0. Nas oitavas de final, empatou por 2 x 2 no tempo normal com o Red Bull Brasil e garantiu a classificação nas penalidades. Na última partida aplicou a maior goleada até agora na competição: 8 x 0 no Visão Celeste.

Outro time que gosta de marcar gols é o Grêmio. Começou o torneio com o pé direito: 7 x 0 sobre o São Raimundo-RR. Empataram em 2 x 2 com o Lagarto na 2ª rodada e finalizaram a fase de grupos com um 3 x 1 no Oeste. Na segunda fase em diante, ataque matador e defesa sólida. 3 x 0 no EC São Bernardo, 2 x 0 no CSA e na última rodada venceu com tranquilidade o Osasco Audax por 3 x 0.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 987 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

1X Bet
Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo