Corinthians vence o Ceará, e abre vantagem na Copa do Brasil

Com gols de Júnior Urso, Vagner Love e Jadson, paulistas vencem bem pela 3ª fase

Na noite desta quarta-feira (13), o Corinthians enfrentou o Ceará, no estádio do Castelão, em jogo válido pelo primeiro confronto da 3ª fase da Copa do Brasil, com uma vantagem técnica desde o primeiro tempo, os paulistas conseguem a vitória pelo placar de 3 x 1 e abrem ótima vantagem para o jogo de volta.

1º TEMPO

Com o apito de início do jogo, os cearenses começaram a atacar os paulistas, já que jogaram em casa. Até os cinco minutos de jogo chegaram três vezes ao gol de Cássio, porém o goleiro corintiano salvou. O Timão apenas observava os mandantes atacar e esperaram a melhor oportunidade para abrir o placar. O gol veio aos 9 minutos de jogo, o equatoriano Sornoza dominou a bola próxima a área do lado esquerdo e levantou para o argentino Boselli que escorou de cabeça para Junior Urso, também de cabeça deslocar Richard e marcar o gol.

Após estar atrás no placar o Ceará lançou-se mais ao ataque buscando o gol de empate, Aos 14′ Ricardinho arriscou de fora da área, mas a bola subiu e passou por cima do gol. Cinco minutos depois, Chico tocou para o camisa oito, que arriscou novamente, mas a bola desvia em Danilo Avelar e sai. Aos 20 minutos, após levantamento na área corintiano, Manoel subiu e deslocou  Luis Otávio. o árbitro assinalou penalidade para os cearenses. Juninho foi para a cobrança e de perna direita deslocou Cássio e bateu no canto esquerdo, empatando o jogo.

Após o gol marcado, o jogo ficou bom e as duas equipes buscaram os respectivos gols adversários, porém o Ceará chutava para fora, enquanto o Corinthians parava nas defesas do goleiro Richard. O primeiro tempo foi finalizado aos 47 minutos com a igualdade no placar.

https://twitter.com/Corinthians/status/1105998906222170112

2º TEMPO

Na etapa complementar, a primeira chegada com perigo veio do lado do Ceará. Aos quatro minutos, em falta ensaiada pela direita, Samuel Xavier  cruzou na área e Roger apareceu livre, batendo no canto esquerdo de Cássio, a bola foi para fora. Aos 14 minutos, Ricardinho cruzou na área, o camisa 9 do Vozão tenta chegar, mas a bola passou em sua frente e saiu. O Corinthians teve sua primeira chegada com perigo aos 18′, Sornoza deu belo passe para Vagner Love, o atacante dominou, invadiu a área e bateu alto, sem chances para o goleiro, colocando os paulistas novamente na frente.

Aos 21 minutos, Carille tira o equatoriano e em seu lugar coloca Jadson, que retorna de lesão, não demorou muito e o meia conseguiu marcar seu gol. Danilo Avelar recebeu na esquerda em profundidade e cruzou na medida, o camisa 10 pegou de primeira com a perna esquerda  e aumentou vantagem corintiana. O Ceará passou a dominar as ações, tentando marcar um gol, que daria uma sobrevida aos cearenses, porém as chances foram sem êxito e o jogo terminou com a vitória do Corinthians por 3 x 1 e uma ótima vantagem para o jogo de volta.

E AGORA?

Com o resultado, os Paulistas podem perder por até um gol de diferença  que a vaga para a próxima fase está garantida. Já o Ceará precisa fazer  três gols para conseguir se classificar de forma direta, ou de dois gols para conseguir levar o jogo para a disputa de pênaltis. O jogo de volta será realizado no próximo dia (3) de Abril, às 21h30, em São Paulo, na Arena Corinthians.

MELHORES MOMENTOS

Raphael Almeida

Sobre Raphael Almeida

Raphael Almeida já escreveu 368 posts nesse site..

Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Raphael Almeida
Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados

Topo