Corinthians e Fluminense não saem do zero pela Sula

Muriel salvou o Flu no final da partida e garantiu o placar
Corinthians e Fluminense fica no zero pela Sula

Corinthians e Fluminense não saíram do zero na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, na Arena Corinthians, em Itaquera. Em um confronto pobre tecnicamente, as chances construídas foram escassas. Dessa maneira, o vencedor do segundo embate avançará para encarrar o Independiente Del Valle, do Equador, na semifinal. Em caso de empate com gols, o Timão prosseguirá na competição internacional.

1º TEMPO

Os primeiros movimentos elevaram a temperatura no gramado. Antes do cronômetro atingir os cinco minutos, Nenê e Clayson se estranharam no meio de campo. Assim, o meia e o ponta-esquerda trocaram empurrões. Minutos depois, mais desentendimento dentro das quatro linhas. Após tentar um passe, Nino se machucou sozinho. O zagueiro, então, ficou caído. Logo, o volante Allan tocou a bola para a lateral para que os médicos pudessem atender seu companheiro. Porém, quando Fagner recolocou a bola em jogo, Pedrinho tentou uma jogada de ataque. No entanto, os atletas do Fluminense esperavam que a bola fosse devolvida. Dessa maneira, Frazan, partiu para cima do meia e imediatamente um bolo de jogadores se formou. O árbitro, Andres Rojas, esperou os ânimos baixarem e administrou a situação na conversa. Depois disso, no entanto, o colombiano advertiu em jogadas seguidas Nenê e Mateus Vital, respectivamente.

2º TEMPO

Após uma etapa inicial medíocre, o Timão retornou melhor dos vestiários. Sem alterar nenhuma peça, a equipe comanda pelo técnico Fabio Carille exibiu uma postura distinta. Assim, adiantou sua linhas e pressionou a saída de bola do adversário nos minutos iniciais. Manoel, de cabeça, e Pedrinho, que arrematou da entrada da área, tiveram oportunidades para mexer no marcador. À medida que o tempo transcorria, o Fluminense ganhou mais confiança e, portanto, começou a estocar. Aos 25′, Daniel exigiu que Cássio trabalhasse em finalização de fora da área.

Com os ingressos do argentino Mauro Boselli, que adentrou as quatro linhas na vaga de Vagner Love, e de Gustavo, que entrou para a saída de Pedrinho, o qual foi substituído devido a uma pancada, o Corinthians passou a utilizar ainda mais as jogadas aéreas. E, em duas ocasiões, quase chegou a balançar as redes. Primeiro, Clayson centrou para o segundo pau, e Gil escorou para o meio da área. Boselli cabeceu fraco e em cima do goleiro Muriel. Na segunda chance, Fagner descolou bom cruzamento. Gustavo, então, subiu no terceiro andar e testou firme. O arqueiro defendeu com a pontinha dos dedos a bola, que ainda bateu no travessão antes de sair.

E AGORA?

As equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (29), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã. Antes disso, o Corinthians entra em campo pelo Campeonato Brasileiro da Série A, no domingo (25), fora de casa, às 19h (horário de Brasília), contra o Avaí. O Fluminense não joga no fim de semana porque o jogo contra o Palmeiras foi adiado para o dia 10 de setembro.

Foto destaque: divulgação/UOL Esporte

MELHORES MOMENTOS

Pedro Ferri

Sobre Pedro Ferri

Pedro Rodrigues Nigro Ferri já escreveu 160 posts nesse site..

Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".


 

365 Scores

 

Pedro Ferri
Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Artigos Relacionados

Topo