Coreanos conseguem boa vantagem nas oitavas da Champions Asiática

Ulsan e Jeonbuk jogaram fora de casa e conseguiram resultados positivos

Nesta quarta-feira (19), dois jogos deram continuidade as oitavas de final da Champions League da Ásia. O dia foi todo coreano, já que o Ulsan Hyundai conseguiu boa vitória fora de casa, já o Jeonbuk empatou também longe de seu terreno e pôde comemorar, já que fez um gol.

Urawa Reds 1 x 2 Ulsan Hyundai

No Saitama Stadium, o Ulsan visitou o Urawa Reds e conquistou excelente vitória contra os japoneses. Aos 37 minutos da etapa inicial, em boa jogada pela direita, Takuya Aoki cruzou na cabeça de Kenyu Sugimoto e abriu o marcador. Mas cinco minutos depois, em lance parecido, Keun Ho Lee lançou para a área e encontrou Joo Min-Kyu, que cabeceou no canto para empatar. No segundo tempo, aos 35′, Su Hwang avançou pelo meio e arriscou da entrada da área, virou marcador e deu a vitória para o time coreano.

Dessa forma, o Ulsan Hyundai precisa apenas de um empate para garantir seu acesso às quartas de final da Champions Asiática. Já o Urawa, tentará fora de casa uma vitória por dois gols de vantagem para avançar no torneio continental.

Shanghai SIPG 1 x 1 Jeonbuk Motors

Na China, o Shanghai SIPG recebeu o Jeonbuk Motors e o visitante saiu com leve vantagem para o jogo de volta em seus domínios. Os dois gols saíram na etapa inicial, no primeiro minuto, Lim Seon-yeong lançou para a área e encontrou Seon-min Mun que completou para o gol, a defesa ainda tentou salvar, mas a bola já tinha ultrapassado a linha, segundo a arbitragem. Aos 39′, Hai Yu cruzou e achou Shechao Wang que cabeceou no contrapé do goleiro, para empatar e dá números finais ao duelo.

Dessa forma, o Jeonbuk Motors chega para o jogo de volta com a vantagem de poder empatar por 0 x 0, a partir de 2 x 2, o resultado favorece o Shanghai. Entretanto, qualquer vitória, garante ao vitorioso o avanço a próxima fase do torneio.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 718 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

1X Bet
Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo