Concepción x Godoy Cruz – Em busca do topo!

As equipes são as líderes do grupo C da Libertadores, quem vencer fica com o 1º lugar

O encontro envolvendo Universidad de Concepción e Godoy Cruz abre nesta quarta-feira (3), a 3ª rodada do grupo C da Copa Libertadores da América, a última do primeiro turno. Será realizada no estádio Municipal de Concepción, em Concepción, no Chile. O início está previsto para 19h15 (horário de Brasília). Com quatro pontos, os chilenos lideram a chave. Os argentinos dividem o segundo lugar com o Olímpia, do Paraguai. A lanterna está nas mãos do Sporting Cristal, do Peru, que tem um ponto.

Universidad de Concepción

Desde o empate, por 1 x 1, com o Olimpia, no Paraguai, pela 2ª rodada da Copa Libertadores da América, o Universidad de Concepción teve três compromissos pela edição 2019 do Campeonato Chileno. Fez duas partidas seguidas em casa e conseguiu pontuar. Derrotou o Universidad de Chile, por 2 x 1, e empatou com o Antofagasta, que foi eliminado pelo Fluminense na primeira fase da Copa Sul-Americana, por 1 x 1. No duelo mais recente, contudo, diante do Union La Calera, que tirou a Chapecoense da etapa inicial da Sula, foi batido, como visitante, por 3 x 1, na sexta-feira (29). Dessa maneira, ficou estacionado nos cinco pontos (uma vitória, dois empates e três derrotas).

Ocupa a 13ª colocação na tabela de classificação do Campeonato Chileno. Está somente um ponto acima do Universidad de Chile, 15º colocado e primeiro time na zona de rebaixamento. Não é essa, naturalmente, sua batalha no torneio. Trata-se muito provavelmente de uma situação momentânea de início de temporada. No entanto, a diferença para o Union Española, líder, já atingiu a casa de dez pontos. No caso da zona de classificação para torneios internacionais, no entanto, a situação é outra. Esse bloco é fechado pelo Palestino, 7º colocado, que tem somente dois pontos a mais.

Provável escalação: Muñoz; Pacheco, Rolín, Mencia e Cordero; Camargo, Ballón, Maturana, Droguett e Orellana; Rubio. Técnico: Francisco Rozan.

Godoy Cruz

O Godoy Gruz vive um momento de temporada bem diferente. O Campeonato Argentino, que segue o calendário europeu, está chegando ao seu final. No sábado (30) derrotou o Patronato, em casa, por 2 x 1, em confronto pela 24ª – penúltima – rodada da edição 2018/2019 da Superliga Argentina. Ampliou, dessa maneira, sua sequência invicta para sete jogos. No entanto, a maior parte dessa lista é formada por igualdades. Foram cinco empates e dois sucessos. Com 32 pontos (nove vitórias, cinco empates e dez derrotas), ocupa a 14ª posição entre os 26 clubes.

Está dois pontos atrás do Lanús, 9º colocado e último que teria direito a um lugar na Copa Sul-Americana edição 2020. Embora ainda seja possível conseguir uma vaga no torneio continental, a combinação de resultados necessários para que isso aconteça torna essa opção inviável na prática. Assim, o Godoy irá cumprir no domingo (7), seu último compromisso pelo Campeonato Argentino contra o Patronato e depois ficará dedicado única e exclusivamente aos três jogos do segundo turno da fase de grupos do Campeonato Argentino.

Provável escalação: Ramírez; Elias, Viera, Cardona e Abecasis; Andrada, Henriquez, Gonzalez, Bullaude e Lucero; Garcia. Técnico: Lucas Bernardi.

RETROSPECTO

Será o primeiro duelo entre as equipes.

Avatar

Sobre Alexsander Vieira

Alexsander Vieira já escreveu 731 posts nesse site..

Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 21 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FAM. Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.

BetWarrior


Avatar
Alexsander Vieira
Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 21 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FAM. Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados

Topo