Com um a menos, Palmeiras arranca empate contra o Tucumán

Palmeiras e Atlético Tucumán empatam por 1×1, nesta quarta-feira (08), na Argentina, na estreia da Libertadores. Esta é a primeira participação dos donos da casa na competição. A equipe paulista atuou mais de 70 minutos com a desvantagem numérica.

A partida começou com pouca qualidade técnica e muita disputa pela bola. Chutões, “trombadas” e passes errados marcaram praticamente os primeiros 20 minutos. Em apenas cinco minutos, o confronto teve uma reviravolta. O Palmeiras era superior ao Tucumán, e aos 20 criou a primeira chance real do jogo. Keno pedalou na área, passou pela marcação e rolou para Borja, sozinho, que chutou e obrigou o goleiro a fazer uma boa defesa. No minuto seguinte, os visitantes ficaram com um jogador a menos. O árbitro deu outro cartão amarelo para Victor Hugo após uma forte dividida (o primeiro veio após o zagueiro ter cometido uma falta para impedir o contra-ataque aos 18). Os donos da casa abriram o placar aos 24. O lateral Evangelista cruzou pela esquerda para o Zampedri. O atacante chegou antes de Edu Dracena e conseguiu desviar a bola, que bateu na trave de Fernando Prass antes de balançar as redes. Borja tentou deixar o dele aos 32, mas sua finalização “carimbou” o goleiro. O empate palmeirense veio aos 39. Dudu bateu a falta na área, o volante Thiago Santos desviou de cabeça e Keno, pegando a sobra, chuta alto e iguala o marcador. Borja quase virou o placar aos 44, mas o goleiro Lucchetti agarrou a bola. Os argentinos estiveram perto de desempatar a partida no minuto seguinte, mas a cabeçada do atacante Menéndez passou à direita da trave, sendo o último lance importante da primeira etapa.

O Tucumán voltou do intervalo mantendo a posse de bola em seu campo de ataque, porém foi Palmeiras quem criou a melhor chance de gol. Borja recebeu com liberdade o passe do Dudu e chutou cruzado, mas sua finalização saiu pela linha de fundo aos 15. O time argentino não conseguiu valer-se da vantagem numérica. Os donos da casa pouco criaram e não conseguiram passar pela forte defesa alviverde, esta também que não soube aproveitar os contra-ataques. A única oportunidade real argentina do segundo tempo foi apenas aos 48, quando a cabeçada do atacante Rodríguez passou perto do gol de Fernando Prass.

Melhor da partida: Dudu foi “o cara” do jogo. Participando do lance do gol palmeirense, o camisa 7 teve boa participação em campo, desempenhando papel muito importante no time paulista.

A próxima partida do Tucumán será contra o Sarmiento em casa, pelo Campeonato Argentino, neste domingo (12) às 20:15h. Já o Palmeiras tem pela frente o clássico contra o São Paulo na sua Arena, neste sábado (11) às 16h.

Guilherme Papa

Sobre Guilherme Papa

Guilherme Papa já escreveu 268 posts nesse site..

Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Guilherme Papa
Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados

Topo