Com polêmicas de arbitragem, Uruguai e Japão empatam na Arena do Grêmio

- Japão chegou a ficar duas vezes à frente do placar, mas no fim o empate prevaleceu

Uruguai e Japão protagonizaram nesta quinta-feira (20), um dos melhores jogos até agora da Copa América 2019. Pela 2ª rodada da fase de grupos do grupo C, as seleções se enfrentaram na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. A partida teve início às 20h (horário de Brasília). O que parecia uma vitória fácil para a equipe Celeste se mostrou em um verdadeiro desafio. Em um jogo bastante movimentado e com chances para as duas equipes, o uso do VAR causou polêmicas novamente.

1º TEMPO

Antes de a bola rolar, a vitória da equipe Celeste parecia certa. Ainda mais com o quase golaço que Luis Suárez fez, em menos de um minuto de jogo, ao roubar a bola no meio campo e chutar em direção as redes, mas a bola passou por cima do travessão. Com o forte ritmo ofensivo da equipe uruguaia, o time japonês trabalhava com uma forte defesa para conseguir contra-ataques e chegar ao gol. E foi assim, aos 24 minutos, depois de uma linda jogada da equipe japonesa. No contra-ataque, Tomiyasu conseguiu a bola no meio campo e fez um belo lançamento para Miyoshi, que no mano a mano driblou o lateral-esquerdo Laxalt, e chutou para o gol dando nenhuma chance para o goleiro Muslera defender.

O Uruguai, após ficar atrás no placar buscou pressionar mais, e pouco tempo depois teve um pênalti marcado a seu favor com o auxílio do VAR. Em lance com Ueda e Cavani, o árbitro entende que há falta após consultar o VAR e Suárez cobra a penalidade, colocando a bola nas redes, garantindo, assim, o empate uruguaio. Depois disso, a seleção Celeste se empolgou e dominou o jogo, tendo duas chances com Cavani de estar à frente do placar. Porém, o jogo foi para o intervalo com 1 x 1.

2º TEMPO

Com o início da segunda etapa, o jogo voltou animado e com as duas seleções buscando o desempate. Aos dois minutos, outro lance polêmico acontece, Nakajima faz jogada ousada entre dois jogadores uruguaios e cai dentro da área. Os japoneses pedem pênalti, mas dessa vez nem é revisado pelo VAR e o jogo segue. Os Samurais Azuis não se abalaram com o pênalti não marcado e continuaram fazendo um bom jogo. Assim, aos 13 minutos, após cruzamento na esquerda, Moslera sai do gol e dá um tapa na bola pra frente, entregando pra Miyoshi, que no rebote apenas chuta para o gol vazio, colocando o Japão na frente de novo. Sete minutos depois do gol japonês, a equipe Celeste tem um escanteio e após cobrança de Lodeiro, Giménez cabeceia no canto do gol e empata para o Uruguai. O jogo segue movimentado e com as duas equipes tentando desempatar, porém a bola não quis mais entrar no gol e a partida terminou empatada em 2 x 2.

E AGORA?

Com o empate, o Uruguai é líder do grupo C com 4 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Chile que joga logo mais contra o Equador. Já o Japão conquistou o seu primeiro ponto e está na 3ª colocação. O próximo confronto da seleção Celeste é na segunda-feira (24) diante o Chile, às 20h (horário de Brasília), no Maracanã. Enquanto isso, os Samurais Azuis encaram o Equador no Mineirão, no mesmo dia e horário.

MELHORES MOMENTOS

Juliana Gandard

Sobre Juliana Gandard

Juliana Gandard já escreveu 48 posts nesse site..

Juliana Gandard é estudante de jornalismo e escritora. Descobriu no futebol uma nova paixão. Ama um desafio e quer conhecer o mundo. Através das palavras tenta ajudar as pessoas e mostrar que mesmo quando as coisas não estão fáceis, sempre há esperança.

365 Scores

BetWarrior


Juliana Gandard
Juliana Gandard
Juliana Gandard é estudante de jornalismo e escritora. Descobriu no futebol uma nova paixão. Ama um desafio e quer conhecer o mundo. Através das palavras tenta ajudar as pessoas e mostrar que mesmo quando as coisas não estão fáceis, sempre há esperança.

Artigos Relacionados

Topo