Com líder inusitado, Apertura Uruguaio chega a sua 7ª rodada sendo o torneio mais surpreendente dos últimos anos | Futebol na Veia

Com líder inusitado, Apertura Uruguaio chega a sua 7ª rodada sendo o torneio mais surpreendente dos últimos anos

Sem Nacional e Peñarol como protagonistas, o Campeonato Celeste tem no Fénix o grande destaque até então, estando invicto e com um ataque matador

Campeonato Uruguaio, diferentemente dos campeonatos europeus e asiáticos, e a exemplo do Brasil, não parou. A 6ª rodada rolou normalmente e este segue sendo o início de Campeonato mais surpreendente dos últimos anos. Isso porque nem Peñarol e nem Nacional lideram a competição. Este último, por sinal, venceu a primeira partida justamente nesta rodada, ao bater o Plaza Colonia em casa por 3 x 0, na estreia do novo treinador.

Já os Carboneros ficaram no empate de 2 x 2 com o Racing e viram o Fénix massacrar o Danubio mandando um 5 x 1 em casa e se distanciar na liderança, abrindo três pontos de vantagem e tendo 18 gols marcados em seis rodadas, uma média de três gols por jogo. O artilheiro do campeonato é o meia Leonardo Fernández, eleito a revelação do último Campeonato Uruguaio, e que caminha para o estrelato em 2019, tendo apenas 20 anos de idade. Ele tem seis gols e divide a artilharia com Sebastián Sosa, do Cerro Largo, que perdeu por 1 x 0 para o Juventud, mas segue na 3ª posição do Campeonato.

Na 4ª posição vem o Progreso, que empatou com o Boston River por 1 x 1 e chegou a 11 pontos, um a mais que o Danubio, 5º colocado. O Nacional é apenas o 11º colocado, com seis pontos. Para quem se pergunta sobre o Defensor Sporting, que até outro dia brigava com o Atlético-MG por uma vaga na fase de grupos da Libertadores, a equipe soma uma vitória, um empate e quatro derrotas, estando na lanterna do Apertura.

E neste sábado (30) já começa a 7ª rodada com mais quatro jogos: o Cerro enfrenta o Nacional em casa e o Liverpool recebe o Juventud, ambos às 16h (horário de Brasília). O Peñarol visita o Boston River e o River Plate anfitriona o Cerro Largo, os dois às 19h (horário de Brasília). No domingo (31) a rodada se completa com mais quatro jogos, todos às 16h (horário de Brasília): o Racing recebe o Defensor Sporting, o Danubio joga em casa com o Progreso, valendo a 4ª colocação ou até mais, o Montevideo Wanderers será mandante contra o Rampla Juniors e o líder, Fénix, visita o Plaza Colonia.

 

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1071 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


 

365 Scores

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo