Com gols de cabeça, Real Sociedad e Leganês empatam pela La Liga

Os gols saíram apenas no segundo tempo e deram a liderança provisória para La Real
Real Sociedad e agora

Nesta sexta-feira (8), Real Sociedad e Leganês abriram os jogos válidos pela 13ª rodada da La Liga. Assim, em um Anoeta com pouco público devido às chuvas em San Sebastian, as equipes empataram em 1 x 1. Dessa forma, após um primeiro tempo morno, os gols saíram na etapa final. Sendo assim, La Real abriu o placar de cabeça com Merino, mas na sequência cedeu o empate, também de cabeça, por intermédio de En-Nesyri. O resultado não foi bom para as equipes. Mesmo assumindo a liderança, momentânea, o clube basco deve perder posições com o complemento da rodada. Enquanto que os visitantes seguem afundados na lanterna.

1º TEMPO

Apesar de disputada, a etapa inicial foi de poucas emoções e fraca produção ofensiva. Assim, desde o início, o Real Sociedad teve mais posse de bola e impôs seu estilo de jogo. Logo aos 3′, a bola foi cruzada na área e Willian José cabeceou para fácil defesa do goleiro Cuéllar. Em seguida, da intermediária, Januzaj arriscou, mas a bola passou à direita da baliza do Leganês. Dessa forma, a primeira chance real de gol veio aos 13′. A zaga dos visitantes bateu cabeça após bola alçada na área, Willian José pegou a sobra e bateu, o arqueiro pepinero salvou com as pernas.

Na sequência, outra boa investida do Real Sociedad. Em jogada na área, a bola se apresentou para Merino chutar, com a ponta dos dedos, Cuéllar evitou a abertura do placar. Sendo assim, o Leganês só veio a assustar aos 19′, após levantamento na área, a bola foi resvalada e sobrou para Recio que arrematou de frente para o gol, o goleiro de La Real fez grande defesa. Após, o nível técnico do jogo caiu e as equipes pouco produziram. Somente aos 34′, em falta cobrada, a bola ficou vulnerável na área mandante, mas ninguém de Lega mandou para as redes. A partida se encaminhou para o final com o marcador zerado.

2º TEMPO

Os gols saíram no segundo tempo. Assim, precisando da vitória para sair da lanterna, o Leganês alçou bola na área, a zaga desviou e na sobra Kévin Rodrigues chegou batendo de sola, a pelota passou à direita da baliza. Em seguida, após bola cruzada, Januzaj pegou de primeira e bateu colocado, Cuéllar fez grande defesa. Aos 16′, em cobrança de escanteio fechado, o goleiro visitante salvou os Pepineros de sofrer o primeiro gol. No entanto, no minuto seguinte, o Real Sociedad venceu a batalha.

Em nova cobrança de escanteio, Januzaj lançou bola na área, Merino se antecipou a zaga e cabeceou cruzado para abrir o placar no Anoeta. Após o gol, o jogo ficou mais equilibrado, mas as equipes não conseguiam infiltrar e eram reféns de bolas alçadas e tiros de escanteio. Aos 33′, em jogada pela direita, a bola foi jogada na área por Roque Mesa e o marroquino En-Nesyri cabeceou para empatar o jogo. Na reta final, pela ponta direita, a bola foi carregada e travada, na sobra Oyarzabal bateu por cima do gol. Sendo assim, ainda houve tempo para expulsão de Kévin Rodriguez após entrada dura e o jogo terminou empatado.

E AGORA?

Com o resultado, o Real Sociedad assumiu a liderança da La Liga com 23 pontos. No entanto, possui dois jogos a mais que Barcelona e Real Madrid. Além disso, com o complemento da rodada pode deixar o G4 da Champions League. Enquanto que o Leganês segue seu calvário na lanterna da competição com seis pontos ganhos. Dessa forma, na próxima rodada, os Pepineros recebem o Barça, no sábado (23), às 9h (horário de Brasília). Já La Real faz o duelo contra os Merengues, no mesmo dia, às 17h (horário de Brasília).

MELHORES MOMENTOS

Foto Destaque: Reprodução / Juan Manuel Serrano Arce / Zero Zero pt

Ricardo do Amaral

Sobre Ricardo do Amaral

Ricardo do Amaral já escreveu 77 posts nesse site..

"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados

Topo