Com gol anulado e pênalti perdido, River e Cruzeiro empatam na Argentina

A Raposa conseguiu um bom resultado, já que o time da casa perdeu penalidade no final do confronto
Cruzeiro

Na noite desta terça-feira (23), o Cruzeiro entrou em campo na Argentina pelas Oitavas da Copa Libertadores. O confronto foi contra o River Plate, atual campeão da competição. O time brasileiro tinha a missão de conseguir vencer a equipe em sua casa,  se quisesse sonhar com uma vaga na próxima fase. Entretanto, o duelo terminou empatado sem gols. Por outro lado a equipe mandante teve um pênalti ao seu favor, porém desperdiçou a chance de sair de campo com a vantagem. Ainda mais, porque a cobrança foi o último lance do embate, isso porque após a batida perdida o árbitro terminou o jogo.

1º TEMPO

O primeiro tempo pode ser resumido em um total domínio da equipe argentina. No entanto, as chances de gols começaram a aparecer apenas depois dos 20 minutos de jogo. Aos 24′ veio a primeira, após cruzamento da esquerda, Álvares  desviou de cabeça, obrigando Fábio a espalmar para a frente. No entanto a bola ficou livre nos pés de Fernández  que mesmo desequilibrado chutou para fora. O River permanecia com a posse, e aos 40 minutos, Suárez  cruzou na área, a bola desviou e De la Cruz e ia entrando. No entanto o goleiro brasileiro fez bela defesa em dois tempos e evitou o primeiro gol do jogo. Sendo assim, a etapa inicial terminou sem gols.

2º TEMPO

Na etapa complementar de jogo, o Cruzeiro conseguiu marcar o gol logo de cara. Marquinhos Gabriel é lançado, o camisa dominou sozinho, ajeitou para a perna esquerda e bateu na saída de Armani. Porém o bandeirinha pegou impedimento do brasileiro, o lanço foi revisado no VAR e anulado pelo árbitro. A raposa começou a crescer no jogo e com jogadas iniciadas das laterais passou a levar perigo ao gol argentino. Aos 39′, após cobrança de falta do lado esquerdo, Lucas Pratto subiu livre e cabeceou para o chão, porém a bola passou rente a trave esquerda e saiu.

O confronto já caminhava para o seu final, o árbitro já havia dado seis minutos de acréscimo.  Foi ai que no último lance do jogo a equipe da casa teve um pênalti marcado à seu favor. Aos 51′, após cobrança de escanteio na área, o volante Henrique puxou a camisa de Lucas Pratto, e após análise no VAR a penalidade foi marcada. Suárez foi paraa cobrança, porém o camisa 7 mandou uma bomba, a bola subiu demais e saiu. Na sequência o juiz terminou a partida com o empate no placar.

E AGORA?

Após o empate, as duas equipes voltam a jogar no dia (90), às 19h15 no estádio do Mineirão. Os times lutam pela vitória por qualquer resultado para se classificarem para a próxima fase. Um novo empate sem gols leva a disputa para as cobranças de pênaltis. Já empates com gols classifica o time argentino para as quartas de finais, pelo fato do gol fora de casa.

MELHORES MOMENTOS

 

Raphael Almeida

Sobre Raphael Almeida

Raphael Almeida já escreveu 368 posts nesse site..

Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Raphael Almeida
Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados

Topo