Com falha de Cássio, Fluminense derrota o Corinthians no Brasileirão

A vitória ajudou o Tricolor a sair da zona do rebaixamento
Com falha de Cássio, Fluminense derrota o Corinthians no Brasileirão

Neste domingo (15), o Fluminense recebeu o Corinthians pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois clubes necessitavam da vitória para alcançar seus objetivos: o time da casa fugir da degola e o visitante ficar próximo do líder. Em resumo, o jogo não foi dos mais agradáveis de ser, tanto que o Flu contou com uma ajuda rival, para voltar a vencer na competição nacional.

1º Tempo

O Corinthians foi o primeiro a assustar o rival. Em jogada pela esquerda, Janderson bateu firme, mas na direção do goleiro Muriel. Aos sete minutos, após o escanteio Gil cabeceou bem, porém a bola acertou a trave. No minuto 19, O Fluminense surgiu pela primeira vez, com Yony González arriscando da entrada da área, mas Cássio tava atento. Com 22′, Gustagol recebeu cruzamento e cabeceou para fora. Porém, foi aos 39 minutos que Ganso chutou de fora da área, Cássio não segurou e a bola morreu no fundo do gol. Assim, o jogo para o intervalo com o time mandante em vantagem.

2º Tempo

O ritmo diminuiu bastante na segunda parte do jogo. Janderson fez boa jogada e chutou cruzado, com perigo. Gustagol aproveitou falta cobrada por Jadson, mas cabeceou por cima do gol. As substituições aconteceram para mudar o panorama, entretanto, pouco se viu de diferente. Com o apito do árbitro, o placar não se modificou e o Fluminense voltou a vencer no Brasileirão 2019.

E Agora?

Com o resultado, duas marcas importantes caíram. Primeiramente, a invencibilidade corintiana após a Copa América. Foram 14 jogos sem perder, sendo que a última ocorreu contra o Santos, ainda em junho. Depois, a fuga do Z4 para o Fluminense, onde a permanência vinha se tornando frequente na vida do torcedor tricolor. O próximo compromisso do Corinthians será na quarta-feira (18), contra o Independiente Del Valle, pela Sul-Americana. Já o Flu, encara o Goiás no sábado (21), no Serra Dourada.

Melhores Momentos

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 829 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo