Classificação e frustração marcaram o fim da primeira fase do Clausura Colombiano

Independiente Santa Fé e Rionegro Águilas confirmaram classificação. Já o Atlético Nacional decepcionou e ficou fora dos playoffs

Chegou ao fim a 19ª rodada do Clausura Colombiano. Cinco jogos ocorridos neste domingo (11) fecharam a fase classificatória. Agora, a Liga Águila 2018 entra nos playoffs, já com os oito classificados definidos. Tolima, Once Caldas, La Equidad, Bucaramanga, Independiente Medellín, Junior Barranquilla, Rionegro Águilas e Santa Fé são os times que irão disputar a segunda fase do torneio. Os principais resultados do complemento da rodada foram as vitórias do Santa Fé, por 3 x 0, sobre o Millonarios e o Rionegro Águilas, que bateu o Bucaramanga pelo placar mínimo, carimbando, assim, suas classificações nesta última rodada cheia de emoções.

CLAUSURA COLOMBIANO – 19ª RODADA

Independiente Santa Fé x Millonarios

O Independiente Santa Fé precisava de uma vitória a todo custo, para decidir a vaga aos playoffs diante do Millonarios e conseguiu obter êxito. Além da vitória, precisava de um tropeço do Atlético Nacional e foi exatamente o que ocorreu. O empate entre Leones x Atlético Nacional, por 2 x 2, juntamente com a vitória deram a oportunidade de classificação. A partida disputada no Estádio El Campin teve os três gols marcados por Wilson Morelo. O jogo ainda contou com a expulsão de Facundo Guichón, do Santa Fé, aos 27 do segundo tempo. Mesmo com um jogador a menos o placar ficou em 3 x 0 e os cardenales puderam confirmar a classificação, na oitava colocação.

O jogo teve o domínio dos donos da casa desde o início, mas o Millonarios assustou aos 21 da primeira etapa, com boa chance de Ayron Del Valle. Em seguida, saiu, então, o primeiro gol do jogo e o primeiro de MoreloRobinson Zapata fez o lançamento e após desvio, a bola parou nos pés de Wilson Morelo. O atacante arrematou e tirou a possibilidade de Wuilker Farinez fazer a defesa, tirando, assim, o zero do placar.

Os outros dois gols saíram somente no segundo tempo. Aos 15 da etapa final, o Expreso Rojo fez mais um com MoreloCarmelo Valencia tocou para Facundo Guichón, que encontrou mais uma vez Wilson Morelo, que só teve o trabalho de empurrar ao gol. Para fechar o placar, Guichón serviu Morelo mais uma vez, o centroavante driblou o zagueiro e bateu na saída de Farinez, fechando assim o placar e sacramentando a classificação.

https://twitter.com/SantaFe/status/1061983198991863808

Leones x Atlético Nacional

Jogando em casa o Leones aprontou para cima do Nacional. Os visitantes dependiam apenas de si para classificar, mas os donos da casa, lanternas da competição, estragaram os planos. O Leones abriu 2 x 0, mas viu os verdolagas empatarem no último lance do jogo. Mesmo assim, o resultado foi insuficiente, pois o Santa Fé venceu por 3 x 0 e levou a classificação. Agora fora dos playoffs, o Rey de Copas vai se planejar para a temporada de 2019. Desde 2012 o Atlético Nacional não sabia o que era estar de fora da segunda fase do torneio nacional. O brasileiro Paulo Autuori, que assumiu o time há poucos dias, deve estruturar o time para o próximo ano.

No jogo, logo aos 15 minutos o Leones, já rebaixado, surpreendeu. Após bate-rebate Daniel Mantilla pegou a bola e bateu firme no canto esquerdo para abrir o placar. O segundo gol saiu aos 19 da segunda parte após pênalti cometido por Juan Pablo Ramírez, que tocou com a mão na bola. Na batida, Yessy Mena bateu no canto direito, o goleiro Christian Vargas quase alcançou, mas a penalidade foi convertida. Os gols do Nacional saíram aos 23 e aos 50 minutos, respectivamente. O primeiro dos verdolagas veio com Aldo Leao, que bateu de primeira depois do toque de Jeison Lucumí. O empate saiu com mais um penal, agora em cima de Omar DuarteJeison Lucumí bateu no canto direito e deslocou o goleiro Arled Cadavid ao lado oposto. Assim, marcou o gol e, então, deu números finais ao jogo.

https://twitter.com/nacionaloficial/status/1061778321770512385

Rionegro Águilas x Atlético Bucaramanga

O Águilas Doradas recebeu o já classificado Atlético Bucaramanga e jogou para o “gasto”. O jogo teve tons dramáticos, mas aos nove minutos do segundo tempo as coisas “clarearam” para o Rionegro, que confirmou sua classificação para a segunda fase da Liga Águila 2018. Os leopardos do Bucaramanga ainda tiveram um homem a menos próximo ao fim do jogo, com a expulsão de Hárrison Mojica. Os antioqueños ficaram com a sétima posição, somou 32 pontos, um ponto a frente do Independiente Santa Fé, que levou a última vaga. O Bucaramanga ficou na quarta posição, com 35 pontos.

 O gol do jogo foi construído pelo lado esquerdo. Após boa troca de passes, Freddy Hinestroza faz o cruzamento, que encontrou Humberto Osorio Botello. O atacante recebeu e tocou mais atrás, para Camilo Ayala. Ayala recebeu e bateu de pé direito, na saída do goleiro Luis Delgado, que se esticou, mas não conseguiu evitar o gol da vitória do Rionegro Águilas.

Deportivo Cali x Deportivo Pasto

A partida foi disputada no Estádio Deportivo Cali, entre os donos da casa contra o Deportivo Pasto, também neste domingo. O time de Cali venceu o jogo pelo placar mínimo, mas precisava de uma combinação de resultados e, por isso, não obteve pontos suficientes para se classificar para os playoffs da competição. Ao fim das 19 rodadas, os azucareros ficaram na décima colocação, com 29 pontos. Já os visitantes amargaram a antepenúltima posição no campeonato, com apenas 15 pontos somados em 19 jogos.

O detalhe inusitado do gol foi a infelicidade do goleiro Victor Cabezas. Aos 33 minutos, Juan Camilo Angulo cobrou falta e a zaga do Deportivo Pasto afastou parcialmente. Na sobra, Didier Delgado recebeu e tocou para quem vinha da direita. Quem recebeu o passe foi Kevin Velasco, que bateu forte e a bola viajou até encontrar o travessão. Porém, na volta do travessão, a bola, caprichosamente, bateu nas costas do goleiro do Pasto, Victor Cabezas, e foi contra o seu patrimônio. O gol, na súmula, foi anotado para Victor Cabezas, contra.

https://twitter.com/AsoDeporCali/status/1061777287161495553

Junior Barranquilla x Jaguares de Córdoba

O Junior Barranquilla começou bem a partida disputada no Estádio Romelio Martínez, contra o Jaguares de Córdoba. Os Tiburones, já classificados, enfrentaram os felinos em busca de uma melhor colocação na tabela final da fase e abriram o placar. Apesar de sair na frente, os “tubarões” deixaram os “felinos” aprontarem. Os visitantes terminaram a competição apenas na penúltima posição (14 pontos) e, já rebaixados, estragaram os planos dos donos da casa, virando o jogo em 2 x 1. Com a derrota, o Junior ficou na sexta posição, com 32 pontos conquistados.

O jogo começou movimentado e o Junior chegou duas vezes ao ataque, aos quatro e aos nove minutos. Na segunda investida marcou o primeiro gol do jogo. O argentino Fabián Sambueza ajeitou a bola para Iván Rivas, que chegou sozinho na área e bateu para o gol, abrindo o placar. A partida seguia disputada e, no segundo tempo, as coisas mudaram para os visitantes. Aos 26 da etapa final, Mauricio Cortés recebeu a bola de Pablo Rojas e carregou para o meio. Depois de driblar, bateu de pé esquerdo, empatando o jogo. Somente quatro minutos depois veio o vira-virou dos visitantes. José Chunga derrubou Rafhael Oliveira dentro da área e o juiz, Jorge Tabares, marcou a penalidade. Na cobrança, o próprio Rafhael Oliveira bateu e perdeu a penalidade. Mas, no rebote do goleiro, Oliveira bateu novamente a gol e deu a vitória aos Jaguares.

https://twitter.com/JuniorClubSA/status/1061987775145275394

Gabriel Max

Sobre Gabriel Max

Gabriel Max já escreveu 9 posts nesse site..

"Meu nome é Gabriel Max, mineiro de Campo do Meio (sim, está no mapa, pode procurar), mas criado na capital paulista. Jornalista formado desde 2014, pela Universidade Nove de Julho, em São Paulo. Sou apaixonado por esportes desde que me entendo por gente e, claro, que tudo começou com o bom e velho futebol. Tenho agora a oportunidade de escrever para o Futebol na Veia e trazer mais detalhes do futebol colombiano. Sou cria da Webrádio Poliesportiva e, por lá, reporto, comento e até narro jogos de diversos esportes, como futebol, vôlei e basquete. Polivalência que transcende também aqui no Futebol na Veia."


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Gabriel Max
Gabriel Max
"Meu nome é Gabriel Max, mineiro de Campo do Meio (sim, está no mapa, pode procurar), mas criado na capital paulista. Jornalista formado desde 2014, pela Universidade Nove de Julho, em São Paulo. Sou apaixonado por esportes desde que me entendo por gente e, claro, que tudo começou com o bom e velho futebol. Tenho agora a oportunidade de escrever para o Futebol na Veia e trazer mais detalhes do futebol colombiano. Sou cria da Webrádio Poliesportiva e, por lá, reporto, comento e até narro jogos de diversos esportes, como futebol, vôlei e basquete. Polivalência que transcende também aqui no Futebol na Veia."

Artigos Relacionados

Topo