City: Sancho, Digne e promessas, o mercado de Guardiola

- Treinador está preparando o elenco para a próxima temporada
City: Sancho - EFE/FRIEDEMANN VOGEL

O Manchester City vive a expectativa que conquistar pela primeira vez a UEFA Champions League, que volta em agosto. Além disso, tenta reverter a decisão da entidade europeia de punir o clube de disputar a competição nas próximas duas temporadas. Mas, em meio a essas realidades, o técnico Pep Guardiola começa a planejar o plantel da equipe em 2020/21.

Jadon Sancho é o jovem que mais tem o seu nome ventilados nas outras equipe atualmente. Assim, não demorou muito para ele aparecer nos noticiários com um possível retorno ao Manchester City. Porém, em entrevista coletiva, o técnico Pep Guardiola tratou de fechar as portas para o meia-atacante.

“Ele decidiu sair, por que deveria voltar? Quando ele decidiu se mudar para o Dortmund, não é porque ele vai voltar depois. Ele não queria estar aqui, por isso acho que ele não quer voltar”, disse o treinador.

CITY MIRA LUCAS DIGNE

Para lateral-esquerda o Manchester City já tem um nome favorito e trata-se de Lucas Digne. O jogador já se destaca com a camisa do Everton há pelo menos duas temporadas. Assim, a ideia de Guardiola é colocar o ucraniano Zinchenko novamente no meio-campo e o francês disputaria posição com o seu compatriota Benjamin Mendy. Mas, os Citizens não podem demorar para fazer uma proposta ao ala, visto que o Chelsea também está interessado.

REFORÇO PARA DEFESA

Lucas Quarta Martínez é uma das maiores promessas do futebol argentino dos últimos anos. Assim, o zagueiro já chamou a atenção de Real Madrid, Borussia Dortmund e Ajax. Agora, é a vez de  Pep Guardiola querer tirar o atleta do River Plate. A multa contratual do beque é de 22 milhões de euros (R$132 milhões) e o Manchester City está disposto a pagar este valor.

Foto Destaque: Reprodução/Friedemann Vogel/EFE

Avatar

Sobre Alexsander Vieira

Alexsander Vieira já escreveu 1139 posts nesse site..

Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.Obs: 3 x 0 não é goleada

365 Scores

BetWarrior


Avatar
Alexsander Vieira
Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.Obs: 3 x 0 não é goleada
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados

Topo