Chocolate! Fora de casa, River goleia Racing por 6 x 1

Millionarios assumem provisoriamente a liderança, enquanto Academia ocupa a 16ª colocação
Chocolate. River goleia o Racing por 6 x 1

Chocolate. Essa é a melhor adjetificação para a atuação do River Plate frente ao Racing no clássico disputado neste sábado (17), pela Superliga Argentina. O time da casa abriu o marcador com Augusto Solari. Entretanto, os visitante balançaram as redes rivais em três oportunidades em apenas três minutos durante a etapa inicial. Na etapa complementar, mais três tentos encerraram mais uma atuação de gala da equipe comandada pelo técnico Marcelo Gallardo. Os autores foram Rafael Santos Borré, duas vezes, Matías Suárez, Ignacio Fernández, Nicolás De La Cruz e Ignacio Scocco, respectivamente. Dessa maneira, o River conquistou sua segunda vitória na Superliga Argentina e atingiu a marca dos sete pontos conquistados. Porém, devido ao saldo de gols, positivo em oito, assume momentaneamente a liderança da competição. Por sua vez, a Academia completou sua terceira partida consecutiva sem vencer. Com dois pontos conquistados, ocupa a 16ª colocação na tabela de classificação.

1º TEMPO

Faltando quinze minutos para o apito final da primeira etapa, o River estava atrás no marcador. Isso porque, após erro na saída de bola de Montiel, Soto recuperou a posse e cruzou de três dedos. Lisandro Lopéz, então, fez bem o corta-luz, antes da bola chegar em Solari, que dominou e arrematou para o fundo das redes do goleiro Franco Armani, 1 x 0. Foi quando Palacios descolou ótimo passe de canhota para Borré. Assim, o colombiano, cara a cara com o goleiro chileno Gabriel Arias, não perdoou, 1 x 1. No lance seguinte, Borré recebeu de Matías Suárez e apenas empurrou para o fundo do gol, 1 x 2. Aos 38′, o garçom Suárez foi o autor do gol. O atacante recebeu em alta velocidade pelo lado direito. Dentro da área, bateu forte, cruzado, sem chances para o arqueiro, 1 x 3.

2º TEMPO

As coisas iam de mal a pior para o Racing. Logo aos três minutos, Sigali foi expulso. Com um jogador a menos, o River Plate ratificou sua superioridade. Aos 17′, Pillud cometeu penalidade máxima em Nacho Fernández. Dessa maneira, o próprio meia-direita assumiu a responsabilidade da cobrança e converteu, 1 x 4. Em seguida, Lucas Pratto, que havia adentrado o campo de jogo no lugar de Matías Suárez, observou De La Cruz em projeção. De três dedos, então, tocou para o uruguaio, que ampliou, 1 x 5. Três minutos depois, o próprio fez às vezes de garçom e, em ótimo cruzamento pela direita, encontrou Scocco. O atacante cabeceou livre de marcação, e decretou números finais ao jogo, 1 x 6. Chocolate! Cabe ressaltar a festa da torcida do Racing mesmo com o placar adverso.

E AGORA?

O Racing volta a campo contra o Central Córdoba, no próximo domingo, às 15h30 (horário de Brasília), em Santiago del Estero. Por sua vez, o River Plate tem compromisso pela fase de quartas de final da Copa Libertadores da América na quinta-feira contra o Cerro Porteño, às 19h15, em Buenos Aires. Pelo Superliga Argentina, o adversário será o Talleres, no domingo, no Monumental de Nuñez.

MELHORES MOMENTOS

Pedro Ferri

Sobre Pedro Ferri

Pedro Rodrigues Nigro Ferri já escreveu 237 posts nesse site..

Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Pedro Ferri
Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Artigos Relacionados

Topo