Chivas e Atlas fazem Guadalajara estrear 100%

Além dos times de Guadalajara, o León venceu na primeira rodada do Clausura da Liga MX
Chivas

O torneio Clausura 2020 da Liga MX teve inicio nesta sexta-feira (10). No sábado (11) três jogos movimentaram a rodada. O Cruz Azul recebeu o Atlas, enquanto que, Léon e Chivas enfrentaram, respectivamente, Querétaro e Juárez. Chivas e Atlas venceram suas partidas e deixaram a cidade de Guadalajara com 100% de aproveitamento na rodada. No jogo restante, os donos da casa não deram chances para o ex-clube de Ronaldinho Gaucho e os venceram por 3 x 0.

Com as vitórias os três clubes aparecem no topo da tabela, todavia, sendo separados apenas pelos critérios de desempate. Ángel Mena e Ángel Castañeda, jogadores respectivamente, de Léon e Atlas foram os destaques dos jogos de sábado a noite. Ademais, o primeiro fez dois dos três gols do time no jogo e é o artilheiro do campeonato, no momento.

CLAUSURA LIGA MX – 1ª RODADA

CRUZ AZUL 1 x 2 ATLAS

O início de jogo parecia promissor para os donos da casa. Logo aos três minutos, o Cruz Azul balançou a rede com Roberto Alvarado, logo após bate rebate e sobra de escanteio. Entretanto, o gol foi anulado devido ao jogador estar impedido. Todavia, a torcida dos Cementeros  viria a comemorar aos 16  minutos, quando em boa roubada de bola, Rafael Baca tocou para Elías Hernández que acertou um belíssimo chute de fora da área para abrir o marcador. Aos 21’, em cabeçada e chute em rebote, Pablo Aguillar quase ampliou.

O que parecia ser uma noite boa para o Cruz Azul, começou a mudar com a expulsão de Orbelín Pineda aos 30 minutos em falta no meio de campo. Ao final do primeiro tempo veio o empate do Atlas. O camisa 26, Jesus Isijara, cruzou rasteiro e após bate rebate a bola sobrou para Ángel Castañeda colocar no canto direito do gol sem chances para Jesus Corona.

O segundo tempo começou com o Cruz Azul buscando o ataque. Apesar de estar com um homem a menos, o time da casa fez duas boas jogadas nos primeiros cinco minutos, ambas nos pés de Hernández. No entanto, os Cementeros começaram a cansar e não conseguir ataques mais perigosos. Aos 27 minutos, quando o Atlas já era melhor, quase saiu o gol da virada. Corona fez bela defesa em chute frontal de Ignacio Jeraldino. O camisa 9 do Atlas, no entanto, conseguiu vencer Corona e fazer seu gol 15 minutos depois. O gol da virada saiu em grande chute da entrada da área após cruzamento de Ulises Cardona.

LÉON 3 x 1 QUERÉTARO

O Léon começou a partida com boa posse de bola e buscando encontrar espaços. Entretanto, foi o Querétaro que abriu o placar, logo aos seis minutos em jogada de extrema velocidade. Fabián Castillo recebeu lindo passe enfiado e deu apenas um toque na bola para tirar do goleiro e fazer 1 x 0 para os visitantes. Aos 19 minutos, Jean Meneses alçou bola na área e Leonardo Ramos cabeçou, todavia, Julián Velázquez interceptou com a mão a bola. O árbitro não marcou o pênalti e com isso o VAR o acionou. Com a penalidade marcada, bastou Ángel Mena pegar a bola e empatar o jogo para o time da casa.

Tendo o jogo igualado, o Léon partiu para cima e começou a criar perigo ao gol de Gil Alcalá. Com superioridade no jogo, a virada era questão de tempo e veio no minuto final do primeiro tempo com Ramos. O camisa 9 fez de cabeça vencendo o zagueiro em cruzamento na medida de Fernando Navarro. A frente no placar, o Léon iniciou o segundo tempo melhor, criando nova oportunidade logo aos quatro minutos mas sem sucesso para finalizar.

Devido as duas alterações feitas, o Querétaro se lançou o ataque e quase igualou o jogo em três oportunidades. Todavia, foi o Léon que anotou seu terceiro gol para liquidar a partida. Em outro pênalti, Ángel Mena marcou seu segundo gol colocando o placar em 3 x 1 e o seu nome na artilharia do torneio. Aos 90`, em erro da defesa da casa, Ariel Nahuelpán quase diminuiu, entretanto, Jaine Barreiro em cima da linha evitou o gol.

CHIVAS 2 X 0 JUÁREZ

A expectativa da torcida e da imprensa era enorme para ver como se sairia o novo Chivas, uma vez que, foi considerado o clube que melhor contratou na temporada. Entretanto, na escalação inicial apenas um jogador era diferente dos 11 que iniciaram a última partida do Chivas em 2019.  José Juan Macías entrou na vaga do antigo artilheiro da equipe Alan Pulido, que fora vendido ao Sporting KC da MLS. O time de Guadalajara começou bem a partida criando chances principalmente pela direita com o camisa 11, Isaác Brizuela, Foi por esse lado que saiu o lance do primeiro gol do jogo. Em bom cruzamento de Jesús Sánchez, a zaga não conseguiu afastar e Alexis Vega de primeira colocou no canto oposto. Com a superioridade técnica e no placar, o Chivas dominou facilmente o Juárez.

O placar voltou a mudar 12 minutos depois, com Macías que recebeu novo cruzamento da direita. O camisa 9 teve tranquilidade de fintar o zagueiro e colocar a bola na rede sem chances para o goleiro. Com 36 minutos de jogo a partida estava definida. No segundo tempo, o técnico Luiz Fernando Tena colocou outras três contratações para apresentar a sua torcida e ambientar os jogadores ao time titular. Entre eles, o destaque é Uirel Antuna, que veio do LA Galaxy com a banca de principal contratação do clube na nova janela.

Foto Destaque: Reprodução/ Chivas Twitter

Yuri Murta

Sobre Yuri Murta

Yuri Lima Murta já escreveu 81 posts nesse site..

Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

BetWarrior

Yuri Murta
Yuri Murta
Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

Artigos Relacionados

Topo