Chile x Venezuela – Segundo round com duelo “de ponta” no Sul-Americano Sub-20

- Segundo e primeiro colocados, respectivamente, se enfrentam neste sábado (19)
Chile x Venezuela - Segundo round com duelo "de ponta" no Sul-Americano Sub-20

Após os confrontos de estreia realizados ontem (17), a tabela já começa a ganhar forma. No caso do Chile, que enfrentou a seleção da Bolívia, levou um pontinho com o empate por 1 x 1. Já a Venezuela, encarou a Colômbia, foi a única a vencer até o momento, por 1 x 0, e segue na liderança do Sul-Americano da categoria. E agora, na noite deste sábado (19), às 20h30 (horário de Brasília), no Estádio El Teniente, equipe chilena e venezuelana duelam pelo Grupo A da competição.

CHILE

Estrear com empate e duelar com uma equipe dois pontos a sua frente na classificação deixam a Seleção Chilena numa “saia justa”. E, por isso, vai com tudo pra cima do seu segundo adversário: com poucas horas até o confronto, os atletas passaram a sexta-feira realizando treinamentos mais intensos para recuperar e fortalecer a parte muscular, além da condição física.

A necessidade de vencer e ficar entre os três primeiros do grupo, e se classificar para a próxima fase do Sul-Americano, fez a equipe elaborar novas estratégias e táticas de jogo contra o vintotinto. Mas caso o esforço for ineficaz, na melhor das hipóteses fica na dependência das outras equipes para seguir em frente, e na pior, pode vir a repetir o fiasco do Equador 2017, onde ficaram em último.

Provável Escalação: Miguel Vargas; Brayan Véjar, Sebastián Vegas, Brian Torrealba, Camilo Rodríguez e Luis Pavez; Bernardo Cerezo, Pablo Galdames, Luciano Cabral e Diego Rojas; Ignacio Jeraldino. Técnico: Héctor Robles.

VENEZUELA

Já garantindo os primeiros pontos da vitória no confronto de ontem, a equipe visitante pretende repetir a dose, desta vez sobre o Chile, e garantir sua passagem à próxima fase. O técnico Rafael Dudamel comemorou o resultado da estreia no campeonato e compara a semelhança deste confronto com o do Sul-Americano de 2017, que também ficaram com um jogador a menos em campo:

“Devemos saber que cada resultado é o produto do que foi planejado e funcionou. Nós nos conhecíamos muito bem, mas não sei se esperavam o 4-3-3. Ficamos bastante claros sobre a abordagem do adversário e isso nos permitiu entender o jogo e sofrer.”

Provável Escalação: Carlos Olses; Pablo Bonilla, Ignacio Anzola, Christian Makoun e Miguel Navarro; Rommell Ibarra, Cristian Cásseres e Jorge Yriarte; Brayan Palmezano, Samuel Sosa e Jan Carlos Hurtado. Técnico: Rafael Dudamel.

RETROSPECTO

A última vez que as seleções se enfrentaram foi no ano de 2015, e quem levou a melhor foi a chilena após derrotar a Venezuela por 2 x 0.

Beatriz do Vale

Sobre Beatriz do Vale

Beatriz do Vale já escreveu 397 posts nesse site..

Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

365 Scores

BetWarrior


Beatriz do Vale
Beatriz do Vale
Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero.Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

Artigos Relacionados

Topo