Castanhal vence a primeira e afunda São Raimundo no Parazão 2019

O Japiim conquistou três pontos para alavancar o time na competição
Castanhal vence a primeira e afunda São Raimundo no Parazão 2019

Pela quarta rodada do Parazão 2019, o Castanhal recebeu o São Raimundo no Maximino Porpino, na cidade que tem o mesmo nome do time. O resultado foi bom para o time da casa e deixou o Pantera em situação desagradável na competição estadual.

1º Tempo

A equipe de Santarém mostrou a que veio logo nos primeiros minutos, levando perigo a meta do Castanhal. Mas o Japiim não demorou muito, para tomar as rédeas do jogo, retraindo o São Raimundo. Com isso, o grande destaque do time alvinegro, foi o goleiro Jhones, praticando boas defesas. Mas aos 27 minutos, o árbitro da partida assinalou pênalti para o Aurinegro. Na cobrança, Abuda foi para a bola e chutou sem chances para o arqueiro rival, abrindo o marcador. O gol deu mais ânimo ao Castanhal que passou a atacar mais, porém sem efetividade, e o placar foi para o intervalo em 1 x 0.

2º Tempo

Do jeito que começaram, as equipes voltaram a campo, mas o Pantera se lançou mais ao ataque, correndo atrás do prejuízo. A falta de transição entre os setores do campo era tão evidente, que atrapalhou o São Raimundo. Do outro lado, com uma defesa sólida e impenetrável, o Castanhal se segurava. Não corria riscos, mas também não oferecia o mesmo no ataque, por conta desses detalhes, o placar não se modificou e terminou com a vitória do Japiim.

E Agora?

Com os três pontos, o Castanhal pula para o quarto lugar no Grupo A1, um ponto a menos do que o Águia, time que está na zona de classificação as semifinais. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Tapajós, na quinta-feira (14), no Colosso do Tapajós. Enquanto isso, o São Raimundo amarga a lanterna do A2, com apenas um ponto conquistado. O próximo compromisso, será no domingo (17), no clássico contra o São Francisco, no mesmo Colosso do Tapajós.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 672 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

1X Bet
Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo