Cássio defende dois pênaltis e Corinthians classifica na Sul-Americana

O confronto precisou de mais de 180 minutos para ser definido e ter um herói Corinthiano

O tamanho das duas equipes se transformaram em emoção durante mais de 90 minutos. O equilíbrio foi muito grande e, assim como no jogo de ida, o 1 x 1 foi o placar no tempo normal, nas penalidades, Cássio mostrou sua estrela e o Corinthians venceu o Racing por 5 x 4 nos pênaltis.

1° Tempo

Os donos da casa avançaram a marcação, pressionavam quem tinha a bola e trocava passes de forma rápida, com isso, dominou as ações do primeiro tempo. Ojeda e Clayson eram os destaques ofensivos de cada lado.

Aos 43′ Nery Cardozo recebeu com liberdade e cruzou na área, Churry Cristaldo ganhou de Fagner no alto, estufando as redes para abrir o placar. O alvinegro respondeu dois minutos depois. Gustavo sofreu falta na intermediária, Sornoza bateu por cima da barreira, Arias deu uma ponte espetacular para evitar o empate na primeira etapa.

http://twitter.com/RacingClub/status/1100928040014659584?s=20

2°Tempo

Na volta do intervalo, Vagner Love entrou no lugar de Clayson. O artilheiro do amor não demorou para mostrar que chegou com tudo. Após cobrança de escanteio e duas disputas de cabeça, a bola sobrou para o camisa 9 dar um voleio e igualar o jogo. O gol deu ânimo ao Corinthians que começou a dominar a bola.

Aos 15′ Pedrinho lançou Gustavo que cruzou para Vagner Love, caindo no chão, finalizou e viu Arias operar um milagre no El Cilindro. O Racing tinha muita intensidade, porém, pecava muito nas finalizações, assim, o goleiro Cássio foi pouco exigido na segunda etapa.

Pênaltis

Gustagol abriu as cobranças batendo forte tirando do goleiro. Logo após, outro centrovante, Cvitanich, chutou no alto que tocou na trave antes de entrar. Vital entrou no segundo tempo para mandar a bola na buchecha da rede. A partir dali, uma estrela começou a brilhar. Dominguez viu Cássio pular com autoridade para defender a cobrança argentina.

Porém, Sornoza não aumentou a vantagem. O meia isolou a bola, continuando 2 x 1. Cristaldo marcou no tempo normal, mas na cobrança seu chute foi parar longe do gol. Vagner Love foi o próximo e marcou com total tranquilidade, como se estivesse sem pressão. Fernandez bateu com segurança no meio do gol, prologando a decisão.

Danilo Avelar teve nos pés, a chance da classificação, teve, porque finalizou na trave, frustando quem pensou que seria fácil. Pillud empatou tudo após pancada que bateu no travessão para entrar. Richard abriu as alternadas botando a redonda no ângulo. Soto não ficou longe e jogou lá onde a coruja dorme. Fagner colocou o Corinthians na frente com uma poderosa bomba no centro da meta.

Solari foi mais um que teve a bola do jogo nos pés, fez boa partida nos 90′ e pegou para definir. O argentino bateu rasteiro, mas viu o segundo goleiro com mais jogos vestindo a camisa alvinegra colocar ainda mais seu nome na história, defendendo de maneira magistral, classificando o timão para a próxima fase da Sul-Americana.

http://twitter.com/Corinthians/status/1100958697910607873?s=20

E agora?

O Racing volta a se concentrar em busca do título do Campeonato Argentino, já que é líder com três pontos de diferença para o segundo. Enquanto, o Corinthians espera sorteio para definição de seu próximo adversário e, joga sábado (2) pelo Campeonato Paulista contra o São Bento.

Melhores Momentos

Guilherme Ribeiro

Sobre Guilherme Ribeiro

Guilherme Ribeiro já escreveu 175 posts nesse site..

Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.


 

365 Scores

 

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Artigos Relacionados

Topo