Canadá x Camarões – Prognóstico de prováveis surpresas pela Copa do Mundo Feminina

Equipes abrem as disputas pelo Grupo E da competição

Por mais um dia de jogos do Mundial Feminino da França, será a vez do Canadá enfrentar Camarões, por suas estreias pelo grupo E da competição. Esse duelo marca o início da chave, que ainda conta com Holanda e Nova Zelândia, e promete ser equilibrado. O embate será o primeiro entre elas, o que faz da partida ainda mais importante.

Canadá

Vice-campeãs da Concacaf, as canadenses chegam para a competição invictas no período pré-mundial. Ao todo, as meninas da América do Norte fizeram oito jogos amistosos venceram cinco e empataram três, o que as credenciam a fazer uma boa campanha na competição. A melhor participação delas no torneio da FIFA, foi em 2003, quando chegaram ao 4º lugar, após perderem para as americanas, na disputa pelo 3º posto. No último Mundial, sediado em seus terrenos, não passaram das quartas de final, após perderem para a Inglaterra por 2 x 1.

Pela Copa Ouro feminina, que qualificou as canadenses, o ataque foi o grande destaque sendo eficiente em 17 oportunidades na competição, em quatro jogos (4,25 por jogo), contando com um 12 x 0 contra a seleção de Cuba, na primeira fase. Já a defesa, tomou apenas três, sendo dois na final contra os Estados Unidos.

Camarões

As africanas chegam ao Mundial, sendo eliminadas nas semifinais da Copa da África pela seleção da Nigéria, nos pênaltis, e no 3º lugar venceram Mali por 4 x 2, garantindo uma vaga na maior competição de seleções do mundo. Mas antes de entrar em campo, as camaronesas vêm de apenas uma vitória e duas derrotas nos amistosos, ligando o alerta para as africanas. No Mundial passado, foram eliminadas nas oitavas, diante da China, por 1 x 0.

Na Copa da África, Camarões não mostrou números imponentes como as rivais desta segunda-feira, porém a defesa sólida foi o principal momento. Foram 10 gols marcados na competição (1,66 por jogo), e quatro sofridos (0,66 por jogo).

Retrospecto

Essa será a primeira partida entre os times em toda a história das seleções. Vale lembrar que o Canadá aparece no 5º lugar do ranking da FIFA e o Camarões surge na 46ª posição da mesma tabela, sendo a segunda melhor do seu continente, atrás apenas da Nigéria, que está 38º lugar, segundo o último anúncio de março de 2019.

Aposta Indicada

Com melhor retrospecto antes da competição, as canadenses chegam como favoritas para o confronto diante de Camarões. Tendo em vista esse parâmetro, espera-se que isso não só fiquem no papel, mas seja levado a campo, por isso, a grande opção é a vitória do Canadá na partida, e a 1XBET está pagando 1.12 pela aposta.

Odds: 1 (1.12) x (8.2) 2 (27.00)

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 774 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.


 

365 Scores

 

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo