Brasileiro Taison sofre racismo em jogo do Shaktar

- Taison foi alvo de ofensas racistas por parte dos torcedores do Kiev e foi expulso após fazer gestos obscenos à torcida
Taison se manifesta sobre racismo no jogo do Shaktar

Neste domingo (10), no Campeonato Ucraniano, um episódio repugnante e lamentável marcou o jogo do Shaktar Donestk contra Dínamo Kiev, no estádio Metalist. Sobretudo, para Taison, vítima de racismo pelos torcedores do time visitante. Os insultos foram direcionados para os brasileiros em campo, Taison e Dentinho. O camisa 7 do Shaktar se revoltou e acabou mostrando o dedo do meio, chutou a bola em direção aos torcedores adversários e recebeu cartão vermelho pela reação. 

O atacante deixou o campo chorando, e Dentinho também demonstrou indignação pelo ocorrido. Os jogadores do Dínamo se dirigiram aos torcedores a fim de que parassem com as ofensas e o jogo fosse retomado. Em seu Instagram, o jogador se posicionou e agradeceu pelos inúmeros apoios, assim como o jogador Dentinho que também se manifestou pelo ocorrido em sua conta oficial. Do mesmo modo, diversos clubes e artistas, entre eles, o Corinthians e o Inter, times anteriores de ambos, manifestaram apoio aos jogadores.

https://www.instagram.com/p/B4s0_6uAZsJ/?utm_source=ig_web_options_share_sheet

Não é a primeira vez que o racismo marca presença em jogos de futebol. No final da semana passada, Mario Balotelli voltou a ser alvo de racistas na Itália, onde decidiu por si mesmo abandonar o jogo.  A FIFA jogou a responsabilidade para as autoridades ucranianas, que prometeram investigar afundo os casos de injúria racial e punir os responsáveis dos ataques contra os jogadores.

TAISON COGITA DEIXAR O CLUBE

O jogador voltou a falar, na última segunda-feira (11), sobre o ocorrido no clássico entre Shaktar e Dínamo Kiev. Taison disse ao Globo Esporte.com que “Depois de ontem, a primeira coisa que eu pensei: acho que tá na hora de arrumar minhas coisinhas e voltar”. No entanto, o jogador evidenciou que a rigidez da diretoria para negociá-lo, é o que de fato, o impede de deixar o clube, uma vez que o Shaktar recusou a proposta do Milan de 30 milhões de euros pelo o atacante no meio do ano. O ex – colorado tem contrato até junho de 2021 com o clube, mas não esconde o desejo de deixar o futebol ucraniano. Após saber disso, o Inter já manifestou intenção de trazer o atleta de volta ao clube.

Foto Destaque: Reprodução/Instagram

Caroline Leal

Sobre Caroline Leal

Caroline Leal já escreveu 32 posts nesse site..

Meu nome é Caroline Leal, tenho 23 anos e estudo jornalismo na Universidade São Judas Tadeu (USJT). O jornalismo para mim, é o privilégio de fazer tudo o que amo de maneira cada vez mais desafiadora. Sou apaixonada por futebol e basquete, e acredito que através da escrita, podemos transpassar esse amor aos leitores. Como objetivo tenho: Ser uma das melhores jornalistas e sonho em ser correspondente esportiva. Faço jobs voluntário na área de comunicação e mídia e as vezes me arrisco como fotógrafa amadora.

365 Scores

BetWarrior


Caroline Leal
Caroline Leal
Meu nome é Caroline Leal, tenho 23 anos e estudo jornalismo na Universidade São Judas Tadeu (USJT). O jornalismo para mim, é o privilégio de fazer tudo o que amo de maneira cada vez mais desafiadora. Sou apaixonada por futebol e basquete, e acredito que através da escrita, podemos transpassar esse amor aos leitores. Como objetivo tenho: Ser uma das melhores jornalistas e sonho em ser correspondente esportiva. Faço jobs voluntário na área de comunicação e mídia e as vezes me arrisco como fotógrafa amadora.

Artigos Relacionados

Topo