Brasil x Bolívia – Prognóstico do duelo inicial da Copa América

Seleções farão o primeiro encontro da competição

Finalmente Copa América vai começar! Nesta sexta-feira (14), Brasil e Bolívia se enfrentarão às 21h30 (horário de Brasília), no Morumbi, pela maior competição entre seleções do continente. De um lado, os anfitriões extremamente questionados, por todos acontecimentos dos últimos meses e seu técnico na corda bamba. Do outro, uma equipe que é nitidamente sonhadora, a final de contas, é uma das piores da região e não deve ser problemas a nenhum adversário.

Brasil

Sem Neymar, seu principal jogador, Tite tem a missão de dar mais um título da competição, que não vem desde 2007, com gol heroico de Adriano contra a Argentina. Se depender do último amistoso, contra Honduras, a Seleção vem motivada, até porque não é todo dia que se consegue fazer um 7 x 0. Além de sua principal estrela, o técnico também não contará com o meia Arthur, com dores no joelho direito, dando lugar a Allan ou Fernandinho. Éderson, goleiro reserva, também não estará disponível, com problema na panturrilha.

Em 2019, o Brasil entrou em campo em apenas quatro oportunidades, com números que não colocam tanta confiança no time que entrará no Morumbi. Nessas partidas, a Canarinho fez 13 gols (3.25 por jogo), e sofreu apenas dois (0,5 por jogo). O artilheiro do time no momento é Gabriel Jesus que fez tentos. Aliás, é ele o artilheiro da “Era Tite” com 16 marcados.

Provável escalação: Alisson; Dani Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Filipe Luis; Allan (Fernandinho), Casemiro, Richarlison, Philippe Coutinho e David Neres; Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

Bolívia

Ao contrário do rival, a estrela boliviana estará presente. Marcelo Moreno é a grande esperança de gols da La Verde, contra o Brasil. O técnico César Farias conta com ele dentro e fora de campo, pois a equipe sofreu uma forte renovação e a experiência de Moreno pode ser peça fundamental no ambiente. O retrospecto dos bolivianos não é dos melhores, pois nos amistosos que fez visando a competição, conseguiu apenas uma vitória, quatro empates e quatro derrotas, três delas em 2019. O desejo de todos é que isso mude agora.

O selecionado boliviano também fez quatro partidas no ano, e não foi o melhor dos momentos vividos até aqui. O ataque somou apenas dois gols marcados (0,5 por jogo), um deles marcados por Ramiro Vaca e outro contra, no jogo contra Nicarágua. Enquanto isso, a defesa sofreu em seis oportunidades (1,5 por jogo), setor que se torna preocupante para a estreia.

Provável escalação: Carlos Lampe; Diego Bejarano, Luís Haquim, Adriano Jusino e Marvin Bejarano; Chumacero, Leonel Justiniano, Samuel Galindo e Erwin Saavedra; Raúl Castro e Marcelo Moreno. Técnico: César Farias.

Retrospecto

Ao todo, Brasil e Bolívia jogaram em 29 oportunidades pela história do confronto. A Canarinho venceu 20 vezes, empatou quatro e perdeu apenas cinco. Como mandante, o time comandado por Tite está invicto, com oito vitórias e duas igualdades. No último duelo, os times não saíram do 0 x 0, jogando na Bolívia, pela penúltima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Aposta Indicada

Tendo em vista o poderio ofensivo brasileiro comparado com a fragilidade boliviana, espera-se um jogo de ataque contra a defesa, com a Bolívia buscando os contra-ataques, nas poucas oportunidades que tiverem. Sendo assim, o palpite mais indicado é do vitória brasileira, e a 1XBET está pagando 1.06 pelo resultado.

Odds: 1 (1.06) x (12.50) 2 (41.00)

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 718 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

1X Bet
Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo