Brasil vence no primeiro teste pré Copa América | Futebol na Veia

Brasil vence no primeiro teste pré Copa América

Com lesão de Neymar e pênalti marcado pelo VAR, a seleção bateu o Qatar

O Brasil fez na noite desta quarta feria o primeiro amistoso antes da estreia na Copa América, a partida foi realizada no estádio Mané Garrincha em Brasília diante da seleção do Qatar. Em campo a seleção apresentou um futebol razoável e aproveitando-se da fragilidade da defesa adversária conseguiu a vitória pelo placar de 2 x 0, com gols de Richarlison e Gabriel Jesus. A notícia preocupante foi a lesão sentida por Neymar ainda nos primeiros 15 minutos de jogo no pé direito, motivo pelo qual levou o camisa 10 a ser substituído por Éverton.

1º TEMPO

O Brasil começou a partida já atacando, a primeira chegada com perigo veio dos pés de Philippe Coutinho aos 10′, o camisa 11 avançou pela esquerda, cortou para o meio e de fora da área arriscou, a bola passou próximo o pé direito da trave e saiu. Não demorou muito a seleção abriu o placar, o meia do Barcelona tocou para Daniel Alves no bico direito da área, o lateral cruzou na cabeça de Richarlison que tocou para o fundo das redes, o goleiro Al-Sheeb até tocou na bola, não sendo o suficiente para evitar o gol. Na comemoração, Neymar foi até o banco mancando e reclamou muito de dor no pé direito, o jogador não aguentou e foi substituído por Éverton.

A seleção permanecia no ataque buscando o segundo gol, foi ai que  o jogador gremista recebeu pelo lado direito da área, e tocou no meio para Gabriel Jesus, o camisa 9 dominou e tocou na saída do de Sheeb que nada pode fazer. Aos 32 minutos, o lateral direito brasileiro arriscou de fora da área, o arqueiro espalmou nos pés de Coutinho, que fez bela jogada cortando para dentro, na sequência o jogador tentou colocado, mas a bola passou rente a trave esquerda e saiu.  Seis minutos depois o jogador do PSG foi levantar na área a bola supostamente pegou no braço de  Hassan, o árbitro venezuelano assinalou a penalidade, entretanto foi chamado para verificar o lance no VAR, constatando que não houve toque o juiz voltou atrás e anulou o pênalti.

2º TEMPO

Na etapa final de jogo a Seleção Brasileira começou a mudar as caras, o técnico Tite  passou a realizar alterações no decorrer da partida, mesmo assim o Brasil permaneceu no ataque buscando aumentar a vantagem, as chegadas foram evitadas pela performance do goleiro Al-Sheeb que permanecia trabalhando. A seleção do Qatar era  inofensiva sem apresentar perigo ao gol de Éderson, foi ai que já no final do confronto, aos 47 minutos, Abdulsalam   recebeu na frente, o goleiro brasileiro saiu para abafar, tocou na bola e o camisa 9 caiu pedindo penalidade, o árbitro mandou seguir, porém foi chamado para consultar o VAR e após analise marcou o pênalti. Khoukhi foi para a cobrança, o camisa 16 encheu o pé e mandou a bola no travessão, aos 50 o jogo terminou com vitória dos anfitriões por 2 x 0.

E AGORA?

Esse foi o primeiro amistoso de dois que foram agendados antes da estreia da seleção na Copa América, o segundo jogo será diante da seleção de Honduras,  no domingo 9, às 16h (horário de Brasília) no estádio do Beira Rio, já o primeiro jogo pela competição Sul americana será dia 14, às 21h30 no estádio do Morumbi. Por outro lado a seleção do Qatar, que é convidada para participar da Copa devido ser o país sede da próxima Copa do Mundo, estreia no domingo 16, contra o Paraguai, às 16h, no Maracanã.

MELHORES MOMENTOS

Raphael Almeida

Sobre Raphael Almeida

Raphael Almeida já escreveu 365 posts nesse site..

Raphael Almeida, jornalista 29 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!


 

365 Scores

 

Raphael Almeida
Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 29 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados

Topo