Brasil passa sufoco, mas vence Chile na Copa do Mundo Sub-17

- Em jogo com duas viradas, a Amarelinha se recupera, com gols de Kaio Jorge e Diego Rosa, e garante vaga nas quartas de final
Em jogo com duas viradas, o Brasil se recupera, com gols de Kaio Jorge e Diego Rosa, e garante vaga nas quartas de final

Pelas oitavas de final da Copa do Mundo Sub-17, o Brasil superou o Chile, no Bezerrão, na noite desta quarta-feira (6). Em partida difícil, os brasileiros tomaram um susto, contudo, no 2º tempo, conseguiram ficar com a vantagem e, posteriormente, segurar o resultado. Foi a quarta vitória da Amarelinha no Mundial. Kaio Jorge, Cruz e Diego Rosa balançaram as redes.

1º tempo

A Seleção Brasileira começou pressionando os chilenos. Já aos 5’ Kaio Jorge arriscou de longe e Fierro defendeu. No minuto seguinte, Gonzalez tocou com a mão na bola na entrada da área. O camisa 9 cobrou a falta no canto do goleiro e abriu o placar para a Amarelinha, com 8’. Sem perder o ritmo, Kaio Jorge balançou as redes novamente,  entretanto, com o auxílio do VAR, foi marcado impedimento. Aos 25’, o Chile empatou. Aproveitando saída errada dos brasileiros, Cruz aproveitou, chutou de fora da área e a bola entrou à direita de Donelli.

Certeira, essa foi a primeira finalização do Chile. Posteriormente, eles arriscaram outra vez, agora, com Rojas e o camisa 1 do Brasil salvou, aos 31’. Veron finalizou de longe, mas foi para fora, aos 37’. O Chile conseguiu a virada aos 40’ novamente com Cruz. O camisa 10 recebeu lançamento e bateu na saída do goleiro, direto para as redes. A Amarelinha conseguiu o empate com Kaio Jorge numa cobrança de pênalti aos 46’. Ao final, foram 11 finalizações do Brasil contra três chilenas.

2º tempo

A equipe da casa voltou tentando tomar conta do jogo, porém foi o Chile que finalizou primeiro. Aos 11’, depois de falha da zaga, Aravena perdeu grande chance na cara do gol. Além disso, La Roja ficava mais com a bola, assim, os brasileiros estavam com dificuldade para chegar ao ataque. Contudo, aos 19’, Diego Rosa acertou belo chute de fora da área, fazendo o terceiro da Amarelinha. Logo, despertaram os donos da casa.

Depois de cruzamento pela esquerda, Kaio Jorge, sozinho, perdeu boa oportunidade de aumentar o placar, mandando para fora, aos 21’. Posteriormente, o técnico Guilherme Dalla Déa tirou o camisa 9 para colocar Sandry, dessa maneira, fechando mais o meio-campo. Depois do terceiro gol, os brasileiros quiseram valorizar a posse de bola, mesmo que fosse no campo de defesa.

https://twitter.com/cbf_futebol/status/1192243994258018304?s=21

E agora?

Com a derrota, a Seleção Chilena está fora da competição. Em contrapartida, o Brasil encara, nas as quartas de final, o vencedor do confronto entre Itália e Equador. Assim, a partida da próxima fase acontece no Estádio Olímpico, em Goiânia, na segunda-feira (11), às 20h (horário de Brasília).

Brasil x Chile – melhores momentos

Foto destaque: Divulgação/Alexandre Loureiro/CBF

Danyela Freitas

Sobre Danyela Freitas

Danyela Freitas já escreveu 233 posts nesse site..

Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).

365 Scores

BetWarrior


Danyela Freitas
Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).
https://www.instagram.com/danyelaf/

Artigos Relacionados

Topo