Brasil é candidato para sediar Mundial de clubes em 2021

A China aparece como forte concorrente para o novo modelo do torneio

Após de receber grandes torneios esportivos, como a Copa do Mundo de 2014, Olimpíada de 2016 (Rio de Janeiro) e em breve Copa América em 2019. O Brasil quer voltar a estar no centro das atenções do planeta da bola. Assim, alguns dirigentes da CBF e outras federações brasileiras. Indicaram à Fifa que querem sediar a 1ª edição do novo Mundial de Clubes.  Deste modo, planejada para ocorrer em 2021 com 24 times de todo o planeta, a competição  promete ser uma mina de receita e de interesse global.

O novo formato do Mundial de Clubes é um projeto pessoal do presidente Gianni Infantino. Que nesta semana provavelmente será reeleito para mais quatro anos no comando da Fifa. Deste modo, convenceu federações a abandonarem o atual modelo de um torneio de clubes por temporada. Assim, passar a organizar um só megaevento a cada quatro anos.

VAGAS PARA O NOVO MUNDIAL

Vale lembrar, que o novo torneio, terá inicio a partir de 2021, um ano antes da Copa do Mundo de Seleções. Deste modo, o Mundial de Clubes substitui a Copa das Confederações. Entretanto, alguns grandes clubes da Europa, são contrários a este modelo. Contudo, a FIFA vê este fato como apenas uma “birra” para garimpar valores maiores em contrato. De acordo com o projeto, a UEFA ficará com 12 vagas, a CONMEBOL com cinco, além de um número específico para outras entidades. Assim, no total terá 24 times de todo o planeta.

MUNDIAL NO BRASIL

Para o país, o Mundial seria mais uma oportunidade de dar uso aos estádios da Copa. Assim, as projeções ainda apontam que, com clubes “globais” em campo. Deste modo, torcedores de clubes como Barcelona, Real Madrid e Liverpool em qualquer canto do país, não seria difícil lotar todos os jogos. Em 2000, o Brasil também recebeu um Mundial de Clubes da Fifa. Contudo, com um formato reduzido, poucos clubes europeus e uma promoção incipiente, o torneio viu vários dos jogos com estádios vazios.

CONCORRÊNCIA

Caso se concretize a candidatura brasileira, a China aparece como forte concorrente para sediar o mundial de 2021. Deste modo, o país asiático entende que levando grandes torneios as suas locações, pode ter um crescimento gigantesco futebolisticamente. Pequim, além de dar demonstrações de interesse, desembarcou com muito dinheiro na Fifa em 2018, substituindo patrocinadores que haviam desaparecido com os escândalos de corrupção da entidade em 2015. Por fim, os chineses pretender ser sede de uma futura Copa do Mundo.

Avatar

Sobre Alexsander Vieira

Alexsander Vieira já escreveu 445 posts nesse site..

Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 21 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FAM. Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.

1X Bet
Avatar
Alexsander Vieira
Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 21 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FAM. Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente.
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados

Topo