Brasil bate Itália, avança às oitavas e Marta se torna a maior artilheira em copas

Em jogo truncado, Brasil arranca a vitória das italianas e garante vaga para próxima fase da competição

Fechando a disputa de fase de grupos da Copa do mundo feminina, a seleção da Itália recebeu o Brasil às 16h (horário de Brasília) no estádio fonte nova, na Bahia. As azurras entraram em campo visando manter a invencibilidade e com a vaga para as oitavas já garantida. Enquanto o as brasileiras brigavam pela segunda colocação do grupo e para conseguir uma vaga na próxima fase da competição.

1° Tempo

Em uma primeira etapa equilibrada, ambas as seleções buscarão jogar no ataque e criar chances de gols. Primeiro foram as mandantes que assustaram, em uma jogada de Bárbara Bonansea, que recebeu a bola na entrada da área e bateu no canto direito para defesa da goleira Bárbara. Logo em seguida as brasileiras responderam com Debinha, que após cobrança de escanteio, desviou a bola de letra e obrigou a goleira Giuliani q fazer uma defesa difícil e salvar a seleção italiana.

Pouco antes do fim da primeira metade a azurra chegou a abrir o placar com a camisa 10 Girelli, que após cruzamento do meio para dentro da área, dominou, limpou a zagueira e bateu sem chances de defesa. Porém o gol foi anulado devido a posição irregular da atacante. A primeira etapa acabou com 0 x 0 no placar e com apenas um cartão para cada lado.

2° Tempo

Na segunda etapa o jogo começou acelerado, e buscando abrir o placar a seleção italiana veio para cima e quase chegou ao gol com Bonansea, que após bela jogada e cruzamento da direita, acertou um belo chute no ar e obrigou a goleira brasileira trabalhar mais uma vez. O Brasil mostrou que também queria o gol, e assustou com Andressinha que em cobrança de falta na entrada da área, acertou o travessão da seleção mandante arrancando gritos de gol da torcida. E também com Kathellen que após bola levantada na área, cabeceou no canto direito do gol italiano assustando as adversárias.

Depois de muita pressão, aos 72’ o Brasil teve um pênalti a favor, marcado em Debinha que após arrancada do meio campo invadiu a área e foi derrubada pela zagueira Linari. A cobrança foi convertida pela camisa 10 Marta que anotou mas um tento, chegando ao 17 gol, se tornando a maior artilheira da história das copas. O embate terminou em 1 x 0 com ambas seleções classificadas.

E agora?

Apesar da derrota de hoje, a seleção italiana conquistou a vaga nas oitavas de final e garantiu a liderança do grupo graças ao saldo de gols, já que detém os mesmos seis pontos de Austrália e Brasil. Já as brasileiras com a vitória no duelo de hoje chegaram a segunda vitória na competição e garantiram a vaga para as oitavas ficando na terceira colocação do grupo C.

Melhores Momentos

Pedro Henrique Ordones Ramos

Sobre Pedro Henrique Ordones Ramos

Pedro Henrique Ordones Ramos já escreveu 100 posts nesse site..

Sou Pedro Henrique Ordones Ramos, tenho 20 anos, moro na região da Penha (Cangaiba) Zona Leste de São Paulo. Curso o segundo semestre de jornalismo.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Pedro Henrique Ordones Ramos
Pedro Henrique Ordones Ramos
Sou Pedro Henrique Ordones Ramos, tenho 20 anos, moro na região da Penha (Cangaiba) Zona Leste de São Paulo. Curso o segundo semestre de jornalismo.

Artigos Relacionados

Topo