Bragantino x Remo – Que comecem as decisões no Parazão

Duelo abre as semifinais do estadual
Bragantino x Remo - Que comece as decisões no Parazão

Nesta quarta-feira (3), às 15h30 (horário de Brasília), o Bragantino recebe o Clube do Remo, no jogo de ida das semifinais do Parazão 2019. Os times estiveram no Grupo A1 da competição, com o Leão levando vantagem de quatro pontos em relação ao rival desta tarde.

Bragantino

O Tubarão vem de vitória sobre o Independente de Tucuruí pelo placar de 1 x 0 e não sabe o que é perder há cinco jogos, desde o duelo contra o próprio Galo Elétrico, na 5ª rodada do estadual. A expectativa é que o time consiga fazer um bom jogo e abrir vantagem, contando com a volta de seu treinador, Agnaldo de Jesus, que acabou assustando a todos, tendo um pico de pressão na partida do fim de semana. O gramado do Diogão é outro ponto que preocupa, já que as fortes chuvas do período do inverno amazônico, têm castigado o local.

Provável escalação: Axel Lopes; Bruno Limão, Romário, Gabriel Gonçalves e Esquerdinha; Eneilson, Keoma, Lukinha e Marco Goiano; Tony Love e Fidelis. Técnico: Agnaldo de Jesus.

Clube do Remo

No Leão, a expectativa é em volta da estreia do principal reforço da temporada até aqui. O atacante Edno, retornou ao clube esta semana e já poderá ser titular contra o Bragantino. O clube não sabe o que é perder há seis jogos e vem de vitória no último duelo contra o Paragominas, o Remo ainda pode contar com o volante Ramires, outra cara nova para 2019. Os dois já foram regularizados junto a CBF.

Provável escalação: Vinicius; Geovane, Kevem, Marcão e Rafael Jansen; Yuri, Djalma, Dedeco e Douglas Packer; Edno e Gustavo Ramos. Técnico: Márcio Fernandes.

https://www.instagram.com/p/Bvx3RCmlHLf/

Retrospecto

Segundo informações do site Ogol, foram apenas duas partidas realizadas entre Bragantino e Remo, uma em 2014 e outra em 2017. O Tubarão venceu na primeira pelo placar de 3 x 2 e a outra foi vencida pelo Leão, por 3 x 0 em 2017.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 821 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo