Braga vence de virada e se isola na liderança

Braga vence de virada pela Série B

Braga e Macaca protagonizaram o confronto mais esperado desta 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Líder e vice-líder, respectivamente, jogaram no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Desse modo, a equipe comandada pelo técnico Antonio Carlos Zago, jogando em seus domínios, reencontrou o caminho com as vitórias. Com os três pontos conquistados o Bragantino chegou aos 23 pontos e se isolou no primeiro posto. Por outro lado, com a derrota a Ponte Preta, que soma 19 pontos, caiu para a 3ª colocação.

1º TEMPO

Desde as primeiras movimentações a partida foi marcada por diversos embates físicos e rodeada de muita tensão. No momento em que ambos os conjuntos empeçaram a jogar futebol, os visitante se mostraram superiores. Assim, o lateral-direito Diego Renan apareceu no campo ofensivo e cruzou para Camilo. O camisa 7 cabeçou firme, no entanto a bola não encontrou o rumo do gol e passou rente à trave do goleiro Júlio César. Contudo, o volante teve uma segunda oportunidade de balançar o barbante, logo em seguida, porém o arremate parou no arqueiro.

Aos 18′ a Ponte marcou, mas o tento acabou sendo invalidado pela arbitragem. Após bate e rebate dentro da área, Camilo chutou e Roger desviou antes da bola ultrapassar a linha. O camisa 9 estava em posição irregular. O Braga tentou responder com Thiago Ribeiro, mas sem dar muito trabalho ao goleiro Ivan. A partir de então, os mandantes foram equilibrando as ações e conseguiram tomar as rédeas do confronto, até o momento em que Claudinho cometeu falta. Na cobrança, o volante Edson subiu entre a marcação e cabeceou para o fundo do gol. 1 x 0.

2º TEMPO

Os ânimos voltaram aflorados para a etapa final. Logo aos 7′, Wesley empurrou Diego Renan e foi punido com o cartão vermelho. Entretanto, mesmo com um homem a menos, o Braga não se acovardou e foi para o jogo. Assim, aos 11′, conseguiu igualar o marcador. O lateral-esquerdo Edimar cobrou falta rasteira e fez o goleiro Ivan trabalhar. No rebote, Aderlan cruzou para o artilheiro Ytalo, que se atirrou para empatar, 1 x 1. Inflamado pela empolgação da torcida que lotava o estádio, o Bragantino cresceu e acuou a Ponte Preta no campo defensivo. Aos 36′, Edimar colocou a bola na área. O sistema defensivo do time campineiro bateu cabeça e Morato ficou com a sobra. O atacante soltou o pé para fazer o segundo. 2 x 0 placar final.

 

E AGORA?

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Vitória no sábado, às 16h30, no Estádio Barradão, em Salvador. No mesmo dia, às 19h, o Bragantino visita o Vila Nova, no Serra Dourada, em Goiânia.

MELHORES MOMENTOS

 

Pedro Ferri

Sobre Pedro Ferri

Pedro Rodrigues Nigro Ferri já escreveu 354 posts nesse site..

Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

365 Scores

BetWarrior


Pedro Ferri
Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Artigos Relacionados

Topo