Boavista x Benfica – Prognóstico pela parte de cima do Português

- Benfica vai até a cidade do Porto de olho na manutenção da liderança da Liga NOS
Boavista x Benfica

Nesta sexta-feira (6), Boavista e Benfica entram em campo em jogo válido pela 13ª rodada da Liga NOS. Assim, a partida acontece às 17h30 (horário de Brasília) e terá como palco o Estádio do Bessa Século XXI, na cidade do Porto. Dessa forma, os Axadrezados vem de vitória para o Santa Clara, após duas derrotas e buscam emendar triunfos na competição. Enquanto que os Águias, líderes do nacional, seguem acumulando conquistas nos relvados portugueses, apesar da eliminação recente, e antecipada, na Champions League.

BOAVISTA

Ocupando a 5ª posição com 18 pontos, o Boavista faz ótimo campeonato e briga por vaga na Europa League para a próxima temporada. Assim, a equipe mantém regularidade e presença nos postos da primeira página da tabela desde o início da competição. No entanto, em casa, o desempenho é apenas regular com 50% de aproveitamento – duas vitórias, três empates e uma derrota. Logo, os Axadrezados marcaram seis gols e sofreram outros quatro tentos, como mandantes. Dessa forma, vindo de duas derrotas seguidas, os Boavisteiros se reabilitaram na última rodada diante do Santa Clara por 2 x 1.

https://www.instagram.com/p/B5lDuHHhY5F/?utm_source=ig_web_copy_link

BENFICA

Já o Benfica segue ainda mais líder após a vitória sobre o Marítimo por 4 x 0 no último encontro. Dessa forma, com 33 pontos em 12 partidas, os Águias chegaram a nove jogos sem perder pela Liga NOS. Fora de casa, a equipe segue com 100% de aproveitamento em cinco jogos. Além disso, marcou 11 gols (2,2) e sofreu apenas dois tentos (0,4), como visitante. Assim, a única derrota foi para o Porto por 2 x 0. Apesar do bom momento no nacional, os Encarnados já não possuem chances de classificação na Champions League e só cumprem tabela diante do Zenit, na quinta-feira (12), às 17h (horário de Brasília).

RETROSPECTO

Historicamente, Boavista e Benfica já se enfrentaram em 122 ocasiões. Assim, os Águias tem larga vantagem no confronto com 71 vitórias contra 19 triunfos dos Axadrezados. Logo, houve outros 32 empates. Dessa maneira, os mandantes podem ser considerados fregueses dos visitantes, pois estes já marcaram 293 gols ante 110 dos donos da casa. Dessa forma, quase o triplo de tentos anotados. Nesta década, foram realizadas 10 partidas com sete conquistas dos Encarnados e apenas em uma vez os Boavisteiros saíram com os três pontos.

APOSTA INDICADA

Assim, a partida opõe duas equipes que fazem boas campanhas na Liga NOS, cada uma dentro de seu objetivo na competição. O Boavista faz um campeonato marcado por empates e é isso que lhe tira a vaga no G4 das copas europeias, no momento. Além disso, não marca passo em seus domínios, com apenas dua vitórias. Enquanto que o líder Benfica segue tendo desempenho quase perfeito com 11 triunfos em 12 jogos. Muito devido a um ataque que já deixou 29 bolas nas redes. Como visitante, não é diferente, melhor campanha e melhor ataque. Assim, os Águias devem somar mais três pontos. A Rivalo paga 1.50 na coluna dois.

Odds: 1 (7.00) | x (4.00) | 2 (1.50)

Ricardo do Amaral

Sobre Ricardo do Amaral

Ricardo do Amaral já escreveu 534 posts nesse site..

"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

365 Scores

BetWarrior


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

    Artigos Relacionados

    Topo